Blog de Jamildo - Tudo sobre política e economia com informação exclusiva, análise e opinião
Blog de Jamildo

Política do Recife, Pernambuco e do Brasil. Informações exclusivas, bastidores e tudo que você precisa saber sobre o mundo político

Comissão de Ética da Câmara do Recife apura quebra de decoro dos vereadores Renato Antunes e Michele Collins

jamildo
jamildo
Publicado em 26/08/2020 às 12:20
Filipe Jordão/JC Imagem
Filipe Jordão/JC Imagem
Leitura:

Na manhã desta quarta-feira (26), a vereadora Aimée Carvalho (PSB), presidente da Comissão de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara do Recife, em reunião do grupo que aconteceu on-line, designou o vereador Antônio Luiz Neto (PSB) como relator do caso que apura a conduta dos parlamentares Michele Collins e Renato Antunes.

A Comissão foi provocada pelo Conselho Tutelar da cidade (RPA-01) que, na quarta-feira (19), enviou uma notícia de fato com pedido de providências.

O relator tem sete dias corridos para apresentar o parecer e decidir se dá andamento ou não na instauração do procedimento.

O vereador Amaro Cipriano Maguari (PP) também participou da reunião.

De acordo com o texto encaminhado pelo Conselho, Michele Collins e Renato Antunes podem ter violado os direitos da criança que foi atendida pelo Centro Integrado de Saúde Amaury de Medeiros (CISAM).

A menina realizou um aborto legal no Recife, após ser estuprada pelo tio no estado do Espírito Santo.

Ainda de acordo com o Conselho Tutelar, os parlamentares tentaram impedir o cumprimento da lei incitando manifestações contrárias ao direito da criança, o que caracterizaria a quebra de decoro parlamentar.

Tão logo recebeu o documento do Conselho Tutelar, Aimée Carvalho disse que convocou a Comissão de Ética da Câmara do Recife para deliberar acerca da questão.

A parlamentar disse que o grupo tem o compromisso de garantir que o decoro do cargo seja preservado independente de ideologias ou partidos políticos.

“A Casa José Mariano é pautada sempre pela ética, pelo respeito, pelo decoro. Atitudes que fogem à essa máxima serão sempre investigadas e, caso comprovadas, punidas exemplarmente conforme determina o regimento”, garantiu. Ela é evangélica, como os dois vereadores em questão.

Últimas notícias