PP de Eduardo da Fonte vai assumir a secretaria de saneamento do Recife com a saída de Oscar Barreto

jamildo
jamildo
Publicado em 26/10/2020 às 16:45
Oscar Barreto (Foto: reprodução do Facebook)
Oscar Barreto (Foto: reprodução do Facebook)
Leitura:

Nos meios políticos locais, já se dá como perego batido e ponta virada que o PP de Eduardo da Fonte vai assumir a secretaria de saneamento do Recife com a saída de Oscar Barreto, do PT.

Mesmo com um pé no governo Bolsonaro, no plano nacional, o PP não lançou candidato e manteve-se também na base aliada dos socialistas, no plano local. O partido Novo, de Charbel Maroun, tem usado esta situação para chamar os adversários de "farinha do mesmo saco", em sua propaganda eleitoral no rádio e TV.

O PP é um dos partidos que ajuda o candidato socialista a somar o maior tempo de guia eleitoral, no Recife, nestas eleições.

Ligado ao grupo de Humberto Costa e João da Costa, o PT indicou Oscar Barreto para Secretaria de Saneamento da PCR em março de 2019.

O petista saiu da pasta no começo do mês, em plena eleição, depois de cobranças do Pt nacional para abandonar os cargos, de modo a ajudar o discurso de Marília Arraes em relação à independência da gestão.

No mesmo ato, ele anunciou uma espécie de anti-campanha contra Marília Arraes, por não estar cumprindo as orientações do partido, como a defesa do legado de Lula e críticas ao governo Bolsonaro.

Oscar Barreto é membro do Diretório Nacional do PT e foi voto vencido para a apresentação de uma candidatura própria no Recife. Ele explicou que, fora do cargo, está livre para realizar o embate sem ser acusado de estar se agarrando ao cargo oficiial.

Últimas notícias