Oscar Barreto reafirma críticas a Marília Arraes e cobrou emendas para Recife

jamildo
jamildo
Publicado em 09/11/2020 às 18:53
Leitura:

Por Oscar Barreto, em artigo enviado ao blog, rebatendo Fernando Ferro

É um fato que a deputada não colocou um real de emenda para o Recife. É só olhar no portal da Câmara Federal, isso não é uma invenção, é um fato. É muito errado alguém ser prefeito do Recife, ter emendas para colocar e não colocar nada.

O segundo fato é não pontuar nada sobre o governo federal. Eu tenho dito é que ela precisa fazer a linha do partido. A candidata na questão essencial não fez ainda, o centro da disputa política que é Bolsonaro ela não coloca, segundo que ela colocou Lula mas não defende Dilma, você colocar Lula para pedir voto para você é uma coisa, mas dizer que Lula foi injustiçado é outra. Ela não defendeu Lula em momento nenhum.

Querem me rotular. Mas todos os cargos de Fernando Ferro, Marilia e Teresa Leitão estão no governo de Lupércio. Antes de falar qualquer coisa Ferro e Marilia deveriam ter coerência. Todos estão em Olinda e estão com cargos em Olinda. Eu saí do governo do PSB para ter a liberdade de falar porque esse pessoal não é muito do diálogo. Parecem com método de Bolsonaro, com sectarismo e intolerância.

Essa turma do PT não sabe conviver com a divergência, saí do governo para ter uma opinião clara. Desde aquela posição que falei, a candidata adotou parte da posição, mas a posição principal ela não adotou: fazer o combate ao governo Bolsonaro, não defendeu Dilma, Dilma não apareceu no guia dela, ela não defendeu o legado do PT de 12 anos no Recife.

Pessoas como ela, Ferro e Teresa adotaram a intolerância política. Isso é uma conjuntura obscura, que está na direita e em setores democráticos. Não vou tratar esse setor do PT como esquerda, é no máximo democrático. Defendi Lula, Dilma e critiquei Bolsonaro e eles se esconderam. Eles têm que prestar conta.

Não se tem conforto político para votar em Marília, porque Marília não faz o que ficou definido pela direção nacional do partido.

Lula bancou a opinião de ter candidatura própria em todo o país, como foi dele a ideia de defender Lula, a Dilma, os legados do PT. Marília não tem coerência com a decisão partidária.

Agora ela tem que dizer o quanto ela botou de emenda para Recife.

No PT, banalizou-se isso, o PT resolve uma decisão política e o candidato faz outra. Lula na carta capital dessa semana decidiu que todo mundo tem que centrar fogo em Bolsonaro. Tenho defendido a linha política do PT e o grupo de Marília tem se oposto o tempo todo à linha política do PT.

Eles estão no campo de Bolsonaro, Bolsonaro diz que aqui tem candidato e eles estão dizendo que não, que é tudo problema da cidade.

As diferenças não podem levar ao campo da ruptura. Mas no estado defendem apoio com Podemos, com Gouveia de Paudalho, com o candidato a direita em Limoeiro, o candidato Lupércio, do Solidariedade. Quantas vezes Fernando Ferro foi rebater ela por isso?

Apoio de professores e técnicos administrativos das universidades públicas

A candidata a Prefeita do Recife, Marília Arraes (PT), recebeu apoio das Universidades Públicas nesta segunda-feira (9).

Marília, que se apresenta como uma ferrenha defensora da educação pública brasileira, recebeu a carta de apoio assinada por professores, professoras, técnicos e técnicas administrativos.

"Fiquei muito feliz com esse apoio. As universidades brasileiras são fundamentais para a construção de um pensamento crítico e democrático, por isso esse apoio é tão importante."

A carta de apoio afirma que as pessoas que assinaram o compromisso "vêm a púbilco manifestar o seu apoio à candidatura de Marília por verem nos princípios norteadores de seu programa de governo compromissos que estão alinhados com a história e a missão de nossas universidades públicas, quais sejam: educação pública, gratuita, de qualidade, laica e livre de censuras."

A professora da UFRPE, Erika Suruagy, disse que a candidatura de Marília reforçaria o compromisso com a educação infantil, a ampliação de vagas nas creches e com a educação inclusiva.

"Nós estamos apoiando Marília por alguns grandes motivos e também por sua trajetória política. Nós confiamos no seu perfil para a gestão da cidade do Recife."

Últimas notícias