Blog de Jamildo - Tudo sobre política e economia com informação exclusiva, análise e opinião
Blog de Jamildo

Política do Recife, Pernambuco e do Brasil. Informações exclusivas, bastidores e tudo que você precisa saber sobre o mundo político

No TRE, PT aponta aliado de vereador do PSB na distribuição de material apócrifo contra Marília Arraes em igrejas evangélicas

jamildo
jamildo
Publicado em 25/11/2020 às 17:00
Foto: Yacy Ribeiro/JC Imagem
Foto: Yacy Ribeiro/JC Imagem
Leitura:

Nesta terça-feira, a Justiça Eleitoral concedeu liminar proibindo a divulgação de panfletos irregulares contra a candidata do PT à Prefeitura do Recife, Marília Arraes, com ataques pelo flanco da religião. O rebu aconteceu em frente a uma igreja na Torre.

Apesar dos panfletos não possuírem informações sobre quem os produziu, ferindo a lei da propaganda eleitoral, a ação do PT no TRE aponta que o automóvel usado para distribuir o material está em nome de André Elias da Silva.

O jurídíco da coligação foi além e disse ter constatado que, conforme cruzamento de informações entre o portal do Detran PE e o DivulgaCand Contas, sistema do TSE para publicação de prestação de contas de campanha, o automóvel pertencente a André foi alugado ao vereador reeleito pelo PSB do Recife, Luiz Eustáquio, na última campanha pelo valor de R$ 2.250,00.

De acordo com a mesma reclamação na justiça eleitoral, além de apoiador e fornecedor, André e Eustáquio têm em comum o vínculo trabalhista. O PT informou ao TRE que ambos são funcionários do Sindicato dos Servidores da Previdência (SINDSPREV), de onde o vereador do PSB está licenciado por conta do exercício parlamentar.

O vereador acaba de se reeleger e antes de ter entrado no PSB foi do vereador pelo PT no Recife.

Entenda a polêmica

A Coligação Recife Cidade da Gente (PT/PSOL/PTC/PMB) propôs uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) contra o candidato do PSB, João Campos, e sua candidata a vice, Isabella de Roldão, alegando existirem supostos indícios consistentes da prática de abuso de poder econômico na distribuição de panfletos apócrifos com fake news contra Marília Arraes divulgados em frente a templos religiosos do Recife.

De acordo com o PT, esses panfletos estão sendo distribuídos junto com material oficial de campanha de João Campos e Isabella de Roldão.

"O que motivou a ação foi o flagrante da distribuição do material criminoso feito no último final de semana. As pessoas foram filmadas praticando o crime eleitoral em frente aos templos religiosos", informou o partido.

Na AIJE, a Coligação Recife Cidade da Gente informa que a gráfica responsável pela confecção dos panfletos apócrifos é a BUREAL de Imagens Ltda, sediada em Olinda.

A campanha do PT requisitou a busca e apreensão de todo o material.

"A ação pode acarretar a inelegibilidade de João Campos e de Isabella de Roldão por 08 (oito) anos, bem como a cassação de mandatos eventualmente obtidos por ambos" pede a campanha petista.

VEJA TAMBÉM:

> Em culto, pai de vereadora do Recife pede votos em João Campos para ‘não perder 232 cargos na PCR’. Marília Arraes aciona Justiça Eleitoral

> João Paulo desafia PC do B e anuncia voto em Marília Arraes

> PT do Estado comemora voto de João Paulo em Marília Arraes

Últimas notícias