Geraldo Julio inaugura Compaz do Coque neste sábado

jamildo
jamildo
Publicado em 18/12/2020 às 13:15
Leitura:

Geraldo Julio, prefeito da Cidade do Recife, ao lado de Murilo Cavalcanti, secretário de Segurança Urbana, marcaram para este sábado, de manhã, a inauguração do Centro Comunitário da Paz (Compaz) Dom Hélder Câmara, no Coque.

As obras foram retomadas em julho de 2019, com a ajuda do governador Paulo Câmara. A promessa era que a obra fosse entregue no primeiro semestre de 2020. A oposição cobrou na campanha.

O governador Paulo Câmara assinou Ordem de Serviço, ao lado do prefeito do Recife, Geraldo Julio, na sexta-feira 05 de julho de 2019, para a conclusão das obras.

A obra foi iniciada pelo Governo de Pernambuco e, desde maio de 2018, era comandada pela Prefeitura do Recife.

O investimento anunciado foi da ordem de R$ 3,5 milhões por parte do Governo do Estado. Em contrapartida, a Prefeitura investe R$ 399 mil no empreendimento.

Chamada de fábrica de cidadania pelos socialistas, o equipamento vai dispor de 2.352 m² de área construída e contará com uma biblioteca de quase 200 m², piscina, oferta de serviços como o PROCON Recife, atendimento psicossocial, mediação de conflitos, auditório com capacidade para 110 pessoas e salas para práticas esportivas e culturais. Estão previstos ainda espaço administrativo, banheiros, almoxarifado, refeitório e copa.

O governador Paulo Câmara culpou “a crise instaurada no cenário nacional” como motivo que impediu a conclusão de obras, resultado de parceria entre as esferas estadual e municipal.

“Dentro do contexto de políticas de prevenção a serem feitas em conjunto com os municípios, vimos a oportunidade de transformar esse equipamento em um Compaz, que já é uma experiência bem sucedida no Recife, e a Prefeitura tem todas as condições, a partir dos recursos que estão sendo repassados pelo Governo do Estado, de terminar essa obra e entregar à população aqui da comunidade do Coque e de bairros vizinhos”, disse em julho.

Os usuários do novo Compaz terão direito à prática de esportes, ações de cultura, lazer, mediação de conflitos e de cidadania.

O prefeito Geraldo Julio agradeceu ao governador, em julho passado.

“Paulo Câmara é o grande responsável pela alegria que a gente está tendo hoje de ver esses trabalhadores aqui, de capacete, fardados, trabalhando e conseguindo emprego nesta obra, que é uma coisa cada vez mais difícil no Brasil. O governador está transformando o dia de hoje em realidade, ao tomar a decisão de fazer um convênio e repassar os recursos necessários para a Prefeitura tocar a obra”.

Murilo Cavalcanti, secretário de Segurança Urbana do Recife.


Encerramos um ciclo de oito anos entregando mais uma unidade do Compaz.

Desta vez, nas comunidades carentes do Coque/Joana Bezerra.

Os Compaz têm sido um poderoso instrumento de redução de todo tipo de violência, promoção da cidadania, fortalecimento comunitário e promoção da cidadania.

Os Compaz hoje é uma política pública tão exitosa que está sendo copiado pelo Governo do Estado do Pará e pela Prefeitura de São Paulo.

O Compaz Dom Helder Câmara contará com os seguintes serviços:  piscina, quadra poliesportiva, Dojô para artes marciais, sala Mãe Coruja, Espaço do Empreendedorismo, Estúdio de Rádio, TV e Fotografia, além de uma série de outros serviços de cidadania, cultura, esportes e lazer.

Tudo isso seguindo o modelo de sucesso que garantiu ao Compaz o reconhecimento como melhor programa de combate a desigualdade social do país ,prêmio entregue em 2019 pela Oxfam Brasil, Cidades Sustentáveis.

Entregar um equipamento como essa uma comunidade carente, significa mudar a política de dente por dente, olho por olho ou mesmo a política equivocado feito no Rio de Janeiro de subir nas favelas com fuzil e metralhadora.

Temos que ocupar as comunidades carentes com livros, cultura, esportes e lazer.

Se a política do fuzil desse certo, o Rio de Janeiro seria a cidade mais segura do mundo.

O prefeito Geraldo Julio deixará um grande legado para a cidade ao entregar esta quarta unidade do Compaz, apontando para uma cidade mais justa, equitativa e com menos desigualdade

Últimas notícias