Blog de Jamildo - Tudo sobre política e economia com informação exclusiva, análise e opinião
Jamildo

Política do Recife, Pernambuco e do Brasil. Informações exclusivas, bastidores e tudo que você precisa saber sobre o mundo político

Andreza Romero critica manobra do PSOL que barra recursos para Saúde com verba do Carnaval

jamildo
jamildo
Publicado em 09/02/2021 às 16:00
Leitura:

A vereadora Andreza Romero (PP) questionou o novo pedido de vistas ao requerimento de sua autoria indicando ao prefeito João Campos a redistribuição dos recursos do Carnaval 2021 para investimentos no setor da Saúde.

"Dessa vez, foi o vereador Ivan Moraes (Psol) quem pediu a retirada da indicação para análise", reclamou.

Andreza protestou contra o novo pedido, em virtude da importância do seu tema, logo após o mesmo texto já ter passado oito dias sob avaliação de outro parlamentar da Casa de José Mariano.

Andreza justificou sua sugestão ao governo municipal alegando que “diante do cenário de calamidade pública vivida por todo o país e com o cancelamento das festividades de Carnaval, é importante definir uma hierarquia de prioridades”.

Seus colegas, no entanto, pediram que a proposta fosse discutida somente depois que a Prefeitura do Recife anunciasse que tipo de apoio daria ao setor cultural – que, segundo eles, ainda não tinham resposta da gestão sobre o aporte aos profissionais diretos da cadeia produtiva dos festejos de Momo.

Andreza disse que, desde o princípio, seu requerimento não diminuía a importância do setor cultural.

“A discussão nunca foi essa. Saúde é pauta prioritária, acredito que todos nós concordamos com isso, mas meu pedido por mais recursos para melhorar e ampliar a estrutura da saúde pública recifense não diminuía a relevância do setor cultural para nossa sociedade”, enfatizou. Enquanto os vereadores discutiam essa e outras propostas na Sessão Ordinária desta terça-feira (09), o prefeito do Recife anunciou um auxílio emergencial de até R$ 10 mil reais para cerca de 160 agremiações e 900 atrações artísticas. O projeto ainda será votado pelos parlamentares.

“O cancelamento do Carnaval não se deu por falta de planejamento, e tínhamos a certeza de que o prefeito João Campos não deixaria de lado as necessidades e urgências deste setor”, disse Andreza.


A vereadora acredita que o segundo pedido de vistas ao seu requerimento foi uma manobra para atrasar a votação, e fez críticas à movimentação dos colegas de oposição.

“O ato em si não é errado, o pedido de vistas é regimental. No entanto, o requerimento teve tempo para ser analisado e, agora, cabia sua discussão e votação. Se obtivesse a maioria, a indicação seria encaminhada. Foram oito dias sob análise e, com o novo prazo, chegaremos a duas semanas. Se continuarmos agindo assim, semana após semana, quais projetos conseguiremos votar?”, questionou.

Andreza elogiou o anúncio do auxílio emergencial e garantiu voto favorável ao projeto do Executivo.

“Me solidarizo com todos os artistas e todos aqueles que têm sentido o impacto do maior drama da nossa história”, disse.

Últimas notícias