Governo de Pernambuco decide na segunda-feira se prolonga restrições a serviços não essenciais

José Matheus Santos
José Matheus Santos
Publicado em 13/03/2021 às 11:24
Governador Paulo Câmara. Foto: Aluisio Moreira/Governo de Pernambuco
Governador Paulo Câmara. Foto: Aluisio Moreira/Governo de Pernambuco
Leitura:

O Governo de Pernambuco deverá anunciar na segunda-feira (15) se prorroga o decreto com restrições a atividades não essenciais. Não está descartado um endurecimento das medidas em razão da alta taxa de ocupação de leitos de UTI.

O Governo confirmou lockdown em Pernambuco na tarde da segunda-feira (15). A medida entre em vigor no dia 18 e segue até 28 de março em todo o estado.

> Segunda-feira é de expectativa por decisão do Governo de Pernambuco sobre restrições a atividades não essenciais

> Paulo Câmara anuncia crédito emergencial para micro e pequenas empresas e suspende cobrança de tarifa social de água

> Em aceno a empresários, Paulo Câmara prorroga por 4 meses o prazo de pagamento de ICMS para empresas inscritas no Simples Nacional

> Governadores solicitam ao governo federal medidas restritivas em aeroportos e rodovias para frear covid-19

Está em vigor no estado, desde o dia 3 e até 17 de março - próxima quarta-feira, a determinação para que apenas as atividades funcionem aos sábados e domingos (o dia inteiro) e entre as 20h e 5h nos dias úteis.

Em pronunciamento neste sábado, o governador Paulo Câmara alertou que "se a situação continuar se agravando, teremos medidas restritivas mais duras nos próximos dias".

Nos finais de semana, apenas serviços essenciais podem funcionar, e parques, clubes e praias são fechados aos sábados e domingos.

LEIA TAMBÉM:

> ‘Se a situação continuar se agravando, teremos medidas restritivas mais duras nos próximos dias’, alerta Paulo Câmara

> Decisão de Luís Roberto Barroso, do STF, barra promotores no Conselho Superior do MPPE

> Prefeitos do Grande Recife e do interior estão insatisfeitos com avanço da vacinação em grupos no Recife

> 1 ano de covid-19 no Recife: Geraldo Julio fez defesa de restrições e distanciamento, enquanto João Campos evita assuntos e explora vacinação

> Ministério da Saúde assina contrato para receber 10 milhões de doses da vacina russa Sputnik V

De segunda a sexta, entre 20h e 5h, apenas serviços essenciais poderão funcionar, como hospitais, padarias, supermercados, farmácias, depósitos de água e gás, postos de gasolina, serviços de telefonia e de segurança, por exemplo.

Nos bastidores do governo, não está descartado um endurecimento das medidas restritivas, e as chances de não haver renovação do decreto pelo menos nos parâmetros atuais são remotas diante dos indicadores recentes da covid-19 no estado.

Neste sábado (13), Paulo Câmara anunciou medidas de apoio a empresas, como a prorrogação por 4 meses do prazo de pagamento de ICMS para estabelecimentos inscritoss no Simples Nacional.

LEIA TAMBÉM:

> Ex-presidente Lula é vacinado contra a covid-19 em São Bernardo do Campo

> Primeira parcela do novo auxílio emergencial pode ficar para abril, diz Paulo Guedes

> Empresários alertam para a necessidade de vacinação das tripulações dos navios que abastecem Fernando de Noronha

Nesta sexta-feira (12), a Secretaria de Saúde de Pernambuco registrou 1.566 novos casos e mais 49 mortes por covid-19. O estado totaliza 314.793 casos confirmados e 11.318 mortes pela covid-19.

Também nesta sexta, a taxa de ocupação de leitos de UTI para tratamento da covid-19 estava em 95% na rede pública de saúde. Na rede privada, o índice é de 88%, também considerado um patamar alto.

Últimas notícias