Túlio Gadêlha denuncia Eduardo Bolsonaro ao Conselho de Ética da Câmara

José Matheus Santos
José Matheus Santos
Publicado em 15/03/2021 às 11:36
Túlio Gadêlha (Foto: Leo Motta/JC Imagem)
Túlio Gadêlha (Foto: Leo Motta/JC Imagem)
Leitura:

O deputado federal Túlio Gadêlha (PDT-PE) informou, nesta segunda-feira (15), que entrou com uma representação contra o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) ao Conselho de Ética da Câmara dos Deputados por suposta quebra de decoro parlamentar.

O filho do presidente Jair Bolsonaro, em vídeo publicado em uma rede social, fez críticas ao uso de máscara pela população. Na ocasião, Eduardo Bolsonaro mandou “enfiar” o acessório “no rabo”.

Para Túlio, a atitude foi um "desrespeito" às famílias dos mais de 278 mil mortos por causa da covid-19 no Brasil. “As declarações são absurdas e irresponsáveis”, afirmou Túlio. No documento, o deputado do PDT pede a abertura de um processo disciplinar contra Eduardo Bolsonaro.

No vídeo, Eduardo Bolsonaro critica ainda o excesso de questionamentos sobre o uso da máscara, um dos principais itens de proteção contra o novo coronavírus.

“Ele abusou de sua prerrogativa parlamentar de imunidade para tripudiar das medidas de prevenção. A postura negacionista de alguns políticos tem contribuído para a morte de centenas de brasileiros todos os dias”, acrescenta Túlio Gadêlha.

Últimas notícias