Brasil vai ter menos doses de vacinas em maio

jamildo
Cadastrado por
jamildo
Publicado em 26/04/2021 às 10:21
Foto: Divulgação/Sindicato dos Rodoviários
Foto: Divulgação/Sindicato dos Rodoviários
Leitura:

O Ministério da Saúde revisou o cronograma de entregas de vacinas contra a Covid-19 para 2021 e reduziu significativamente a previsão de distribuição em maio.

De acordo com a pasta, o país deve dispor no próximo mês de 32,4 milhões de doses de imunizantes de diferentes fabricantes.

No documento anterior, esperavam-se 46,9 milhões de unidades.

Segundo o cronograma, o Brasil vai receber em maio: 21,5 milhões da Fiocruz (Oxford/AstraZeneca); 5,6 milhões do Butantan (Sinovac); 2,5 milhões da Pfizer (BioNTech); 2 milhões da Covax Facility (AstraZeneca); e 842,4 mil da Covax Facility (Pfizer). Para junho, a previsão é de 54,2 milhões de doses.

Primeira queda no ano

Apesar de a pandemia de Covid-19 no Brasil ainda preocupar, o número de mortes apresentou, neste fim de semana, pela primeira vez desde novembro, uma queda na média móvel. De acordo com levantamento de VEJA, no sábado, houve recuo de 15,7% em relação a duas semanas atrás. O número está um pouco acima dos 15% que os epidemiologistas utilizam para considerar uma variação relevante. Após atingir uma média de 3.020,1 óbitos por dia no início de abril, o país viu o índice recuar para 2.544,9, o que ainda é muito alto. Em novembro, a taxa estava na casa de 300 e no pior momento de 2020, em 25 de julho, chegou a 1.096,7.

Últimas notícias