Blog de Jamildo - Tudo sobre política e economia com informação exclusiva, análise e opinião
Blog de Jamildo

Política do Recife, Pernambuco e do Brasil. Informações exclusivas, bastidores e tudo que você precisa saber sobre o mundo político

Fernando de Noronha firma parceria com o MEC e terá cursos pelo Sistema Universidade Aberta

José Matheus Santos
José Matheus Santos
Publicado em 14/05/2021 às 7:49
EBC
Embarcação foi encontrada à deriva - FOTO: EBC
Leitura:

A Administração de Fernando de Noronha oficializou, nesta sexta-feira (14), a implantação do Sistema Universidade Aberta do Brasil (UAB) no Arquipélago voltada à oferta de cursos e programas na modalidade a distância, mediante a criação de um polo de apoio presencial.

O projeto será implantado em convênio com o Ministério da Educação (MEC).

LEIA TAMBÉM:

> ‘Falta de prioridade do governo por vacina contribuiu para aumentar o número de vítimas por covid-19’, diz Silvio Costa Filho

> Ex-deputado do PCdoB nomeado para cargo em comissão na Vice-Governadoria de Pernambuco

O Sistema Universidade Aberta do Brasil (UAB) é voltado à oferta de cursos na modalidade a distância. "O Polo de Apoio Presencial é uma unidade operacional criada para o desenvolvimento descentralizado, em articulação com o Sistema Universidade Aberta - UAB, de atividades didático-pedagógicas e administrativas relativas a cursos e programas ofertados a distância, neles devendo ser realizadas as atividades presenciais obrigatórias, segundo a regulamentação da educação a distância no Brasil", afirma a publicação oficial.

Constituem objetivos do Polo de Apoio Presencial, entre outros, "oferecer cursos de licenciatura e de formação inicial e continuada a professores da educação básica; oferecer cursos superiores para capacitação de dirigentes, gestores e trabalhadores em educação básica; ampliar projetos, pesquisas e extensão que visem o desenvolvimento socioeducacional em regime de colaboração com instituições públicas, privadas, estatais e organizações não governamentais; oferecer cursos superiores nas diferentes áreas do conhecimento; ampliar o acesso à educação superior pública; fomentar o desenvolvimento institucional para a modalidade de educação à distância".

LEIA TAMBÉM:

> Polícia Federal anuncia troca de superintendente em Pernambuco. Carla Patrícia deixa comando

> Após aumento nas UTIs, Governo de Pernambuco vai reunir prefeitos do Agreste para avaliar se endurece medidas restritivas

> Gleide Ângelo revela o porquê do Governo de Pernambuco adiar a convocação de 1.085 policiais concursados

Para a formalização do Polo de Apoio Presencial, o Poder Executivo poderá firmar acordo de cooperação técnica com a União e convênios com instituições públicas de ensino superior.

A administração dos cursos é de competência das instituições de ensino superior parceiras, credenciadas e autorizadas pelo Ministério da Educação (MEC) a ofertar cursos ou programas na modalidade de educação a distância.

Últimas notícias