Blog de Jamildo - Tudo sobre política e economia com informação exclusiva, análise e opinião
Blog de Jamildo

Política do Recife, Pernambuco e do Brasil. Informações exclusivas, bastidores e tudo que você precisa saber sobre o mundo político

Pazuello se irrita com Renan Calheiros. 'O senhor está conduzindo a conversa aqui'

jamildo
jamildo
Publicado em 19/05/2021 às 11:30
Leitura:

O ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello irritou-se com Renan Calheiros e deu uma resposta um pouco impaciente.

"O senhor está conduzindo a conversa aqui", afirmou, em tom ríspido, depois de uma série de perguntas do relator sobre a demora no contrato da vacina Pfizer.

A resposta causou uma bate-boca entre governistas e oposicionistas, mas logo foi superado.

Pazuello disse que decisão do STF de dar autonomia a entes federados no combate à covid limitou ações federais no SUS. ‘Só se tiver intervenção federal

‘Presidente não me deu ordem direta para nada’, diz Eduardo Pazuello na CPI

O presidente da comissão, Omar Aziz (PSD-AM), informou que, se houver sessão Plenária à tarde, o depoimento de Eduardo Pazuello será retomado após o término da ordem do dia.

Sobre cloroquina, Pazuello disse que Ministério da Saúde publicou nota informativa seguindo orientação do CFM, para que, se o médico resolvesse prescrever os medicamentos off-label, tivesse atenção à dosagem de segurança.

Em resposta a Renan Calheiros, Pazuello disse que a "teoria da imunidade de rebanho" é real, mas não é plena por não se saber o grau de anticorpos criados com a medida.

Com Agência Senado

Perguntas 'simplórias'

O ex-ministro Eduardo Pazuello pediu que perguntas "simplórias" nem fosse feitas a ele durante a oitiva na CPI da Covid. A fala se deu após ser alertado pelo relator Renan Calheiros (MDB-AL) de que alguns questionamentos eram mais diretos, portanto desejava que as respostas também fossem dessa forma.

"Perguntas simplórias gostaria até que não fossem feitas", disse Pazuello, afirmando que gostaria de contextualizar suas respostas para esclarecer os fatos.

Nesse momento, acabou repreendido pelo presidente da comissão, Omar Aziz (PSD-AM).

"Vossa excelência não vai dizer o que temos de perguntar ou não", rebateu o presidente da comissão.

Apesar de contar com um habeas corpus que garante o direito de silenciar em algumas perguntas, para evitar incriminar a si próprio, Pazuello falou que vai responder todos os questionamentos.

"Vou responder todas as perguntas, sem exceção", afirmou.

Últimas notícias