Blog de Jamildo - Tudo sobre política e economia com informação exclusiva, análise e opinião
Blog de Jamildo

Política do Recife, Pernambuco e do Brasil. Informações exclusivas, bastidores e tudo que você precisa saber sobre o mundo político

Praias e parques serão fechados em Pernambuco nos próximos dois finais de semana

jamildo
jamildo
Publicado em 24/05/2021 às 21:56
Leitura:

A ampliação das restrições de atividades para tentar combater a expansão da pandemia vai atingir o lazer dos pernambucanos. As praias e parques serão fechados em Pernambuco nos próximos dois finais de semana, no Grande Recife e em alguns Municípios da Zona da Mata.

Toda a situação nova será detalhada no Diário Oficial desta terça, com um decreto do governo estadual.

A ampliação das restrições afetas as igrejas. Pelas novas restrições, elas serão fechadas para celebrações presenciais no fim de semana, na macrorregião 1. A macrorregião 1 contempla a Região Metropolitana do Recife e cidades da Zona da Mata.

Na macrorregião 2 fechadas do dia 26 a 6 de junho.Essa subdivisão engloba os 53 municípios que têm como cidades polo Caruaru e Garanhuns – no Agreste, e mais 12 cidades, com sede em Limoeiro, que entrarão em quarentena rígida também nos dias de semana.

Bancada evangélica sofre derrota na Alepe. Como disse STF, palavra final sobre abrir igrejas cabe ao governador

Maioria da população defende igrejas fechadas para conter avanço do coronavírus

Entenda a decisão

Mais cedo, o Governo de Pernambuco anunciou, nesta segunda-feira (24.05), novas medidas restritivas para diferentes regiões do Estado.

Conforme o comunicado, na Macrorregião 1, que contempla a Região Metropolitana do Recife e cidades da Zona da Mata, apenas atividades permitidas poderão funcionar nos finais de semana.

Atividades permitidas são: padarias, supermercados, farmácias, mercadinhos, postos de gasolina, hotéis, óticas e consultórios médicos. O resto fecha, como bares e restaurantes, shoppings, galerias comerciais, comércio de rua, restaurantes, bares, cabeleireiros, clínicas de estética. Durante a semana, permanece o esquema atual, com fechamento às 20h.

As igrejas vão ficar fechadas para celebrações presenciais no fim de semana, na macrorregião 1. Na macrorregião 2 fechadas do dia 26 a 6 de junho.

Pelo interior, vai valer a quarentena mais rígida.

Da próxima quarta-feira (26.05) até o dia 6 de junho, os 53 municípios das Gerências Regionais (Geres) IV e V – que têm como cidades polo Caruaru e Garanhuns – no Agreste, e mais 12 cidades da Geres II, com sede em Limoeiro, entrarão em quarentena rígida também nos dias de semana.

Nas Macrorregiões 3 e 4 – ambas no Sertão do Estado – permanece o funcionamento das atividades em geral até 20h, de segunda a sexta, e até 18h nos finais de semana.Nada mudou aqui.

De acordo com o governador Paulo Câmara, a aceleração exponencial da contaminação pela Covid-19 no Agreste do Estado resultou em um aumento de ocupação em todo o sistema de saúde nas últimas semanas.

“A consequência direta disso é mais tempo entre a solicitação de um leito de UTI e a transferência dos pacientes para uma vaga de terapia intensiva”, explicou.

"Além dessas iniciativas, uma série de providências será tomada para manter o Estado entre os quatro do Brasil com menor mortalidade na pandemia", prometeu.

Paulo Câmara anunciou ainda que solicitou ao Ministério da Saúde mais testes de antígeno, concentradores de oxigênio e uma investigação sobre as novas variantes da Covid-19 nas amostras coletadas no Agreste.

OUTRAS AÇÕES 

O governador informou que mais 30 leitos de UTI serão abertos nesta semana, nos municípios de Caruaru, Bezerros e Garanhuns, todos no Agreste.

O chefe do Executivo disse que haverá uma reunião com prefeitos do interior do Estado para solicitar a abertura de novas vagas de retaguarda nos serviços municipais de saúde.

Paulo Câmara disse que assegurou a distribuição de 100 concentradores de oxigênio para incrementar a capacidade de atendimento nas unidades locais de pronto-atendimento do Agreste.

Haverá ainda a entrega, para todo o Estado, a partir desta terça (25.05), de um novo lote com 200 mil máscaras, e serão repassados R$ 4 milhões para ações de assistência social. Por fim, o governador anunciou a ampliação das ações de fiscalização da Polícia Militar (PMPE) e do Procon-PE.

As 12 cidades da Geres II que entrarão em quarentena rígida: Bom Jardim, Casinhas, Cumaru, Feira Nova, João Alfredo, Limoeiro, Machados, Orobó, Passira, Salgadinho, Surubim e Vertente do Lério.

Cidades da V Geres:

Águas Belas, Angelim, Bom Conselho, Brejão, Caetés, Calçados, Canhotinho, Capoeiras, Correntes, Garanhus, Iati, Itaíba, Jucati, Jupi, Lagoa do Ouro, Lajedo, Palmerina, Paranatama, Saloá, São João, Terezinha.

Cidades da IV Geres:

Agrestina, Alagoinha, Altinho, Barra de Guabiraba, Belo Jardim , Bezerros, Bonito, Brejo da Madre de Deus, Cachoeirinha, Camocim de São Felix, Caruaru, Cupira, Frei Miguelinho, Gravatá, Ibirajuba, Jataúba, Jurema, Panelas, Pesqueira, Poção, Riacho das Almas, Sairé, Sanharó, Santa Cruz do Capibaribe, Santa Maria do Cambucá, São Bento do Uma, São Caetano, São Joaquim do Monte, Tacaimbó, Taquaritinga do Norte, Toritama, Vertentes.

Últimas notícias