'Substitutivo pavimenta legalização da maconha', diz Michele Collins sobre Pl que trata de medicamentos formulados com cannabis

jamildo
jamildo
Publicado em 26/05/2021 às 17:58
Leitura:

Apresentando-se como ativista na política de drogas há 24 anos, a vereadora do Recife missionária Michele Collins (PP), representou o Partido Progressista na Reunião da Comissão Geral sobre medicamentos formulados com a Cannabis Sativa no Congresso Nacional.

Daniel Coelho dá exemplo pessoal para explicar voto a favor de medicamentos formulados com cannabis

A Câmara Federal tem travado um debate sobre o PL 399/15 que legisla sobre medicamentos à base da planta. A parlamentar é contra a matéria com o texto que está em tramitação.

Michele Collins explicou o seu posicionamento, nesta quarta.

“Milito há muitos anos na política de drogas, mas milito também a favor das pessoas com doenças raras e pessoas com deficiência. Sabemos o quanto é importante esse medicamento, eu sou a favor do uso. Porém, eles entraram com um substitutivo que pavimenta a legalização da maconha. E isso, não vamos permitir. Usar a dor dessas famílias como uma cortina de fumaça para a liberação do uso da maconha é pesado demais. Eu sei o que é sofrer por causa das drogas, jamais serei a favor dessa liberação”, afirmou.

Foram convidadas 30 pessoas para falar na comissão, 15 pessoas a favor e 15 contra o projeto.

A parlamentar frisou que foi a única convidada do Partido Progressista a falar sobre o tema. "Como vereadora participei da construção da atual Política Nacional de Drogas".

Últimas notícias