Blog de Jamildo - Tudo sobre política e economia com informação exclusiva, análise e opinião
Blog de Jamildo

Política do Recife, Pernambuco e do Brasil. Informações exclusivas, bastidores e tudo que você precisa saber sobre o mundo político

'A quem o governo quer resguardar ao criar bodes expiatórios?', diz líder da oposição na Alepe sobre caso da repressão da PM a protesto no Recife

José Matheus Santos
José Matheus Santos
Publicado em 07/06/2021 às 16:10
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Leitura:

O líder da Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco, deputado estadual Antonio Coelho (DEM), voltou a questionar o governo do Estado sobre “de onde realmente partiu a ordem para o Batalhão de Choque agir contra os manifestantes no protesto do último dia 29”.

A cobrança de Antonio Coelho ocorre após a exoneração do secretário de Defesa Social, Antonio de Pádua, na última sexta-feira (4).

O deputado disse ter dúvidas sobre a veracidade das informações apresentadas pelo secretário durante o encontro com deputados estaduais, na última terça-feira (1º), na Assembleia Legislativa. Antonio Coelho se disse "insatisfeito com os argumentos expostos pelo ex-gestor da SDS" no encontro.

“O secretário foi demitido porque ele deu a ordem ou porque ele recebeu a ordem?”, indaga o parlamentar. Caso se confirme uma das duas indagações, Antonio Coelho faz novo questionamento: “Antonio de Pádua, agora ex-gestor da SDS, teria mentido na conversa com os deputados?”.

O deputado disse que "a cada nova explicação da gestão estadual, um integrante da cadeia do comando da polícia é penalizado".

O líder da oposição disse que, "no primeiro momento, o governo apontou o comandante da tropa como autor; em seguida, demitiu o Comandante da Polícia Militar e prometeu fazer novas alterações na estrutura de comando da instituição; e, por fim, demitiu o secretário Antônio de Pádua".

“A quem o governo quer resguardar ao criar bodes expiatórios?”, indaga o parlamentar.

Últimas notícias