Blog de Jamildo - Tudo sobre política e economia com informação exclusiva, análise e opinião
Jamildo

Política do Recife, Pernambuco e do Brasil. Informações exclusivas, bastidores e tudo que você precisa saber sobre o mundo político

Governo de Pernambuco faz trocas na CGE e no Porto do Recife, e PSL se reaproxima da base de Paulo Câmara

José Matheus Santos
José Matheus Santos
Publicado em 09/06/2021 às 7:54
Foto: Hélia Scheppa/Governo de Pernambuco
Foto: Hélia Scheppa/Governo de Pernambuco
Leitura:

O governador Paulo Câmara (PSB) anunciou, nesta terça-feira (08), mudanças em cargos de comando da Secretaria da Controladoria Geral do Estado (SCGE) e do Porto do Recife, órgão vinculado à Secretaria estadual de Desenvolvimento Econômico (SDEC), comandada por Geraldo Julio.

O ex-presidente do Porto, Marconi Muzzio, ligado ao ex-prefeito Geraldo Julio, assumirá a Controladoria, e José Lindoso de Albuquerque Filho vai para a presidência do Porto do Recife.

José Lindoso de Albuquerque Filho é próximo ao presidente nacional do PSL, Luciano Bivar. Com isso, integrantes da base aliada do governador Paulo Câmara acreditam que se cria uma rota de aproximação entre o partido e o PSB.

O PSL tem o maior tempo de propaganda eleitoral no rádio e na televisão e é visto como importante para a eventual candidatura de Geraldo Julio a governador nas eleições de 2022.

Ao mesmo tempo, a oposição, se a migração do PSL para o governo se efetivar, sofreria uma baixa.

Apesar de estar em campo oposto ao PSB, o PSL já teve sinalizações de distanciamento do grupo oposicionista. No Recife, nas eleições de 2020, lançou como candidato à Prefeitura o advogado Carlos Andrade Lima e não se aliou a Mendonça Filho (DEM) ou Patrícia Domingos (Podemos), candidatos da direita mais competitivos.

Além disso, o único vereador do PSL na Câmara de Vereadores do Recife, Doduel Varela, tem tido atuação alinhada à base do governo João Campos (PSB).

Luciano Bivar tem boa consideração por Paulo Câmara. Em julho de 2017, o governador convocou o então deputado federal Kaio Maniçoba para assumir a Secretaria de Habitação de Pernambuco e abriu espaço para que o entãos suplente Luciano Bivar assumisse uma vaga na Câmara dos Deputados.

Em 2014, três anos antes, Bivar saiu derrotado nas urnas e não venceu para deputado federal.

Em 2018, ele fechou um acordo com Jair Bolsonaro (sem partido) para que houvesse a candidatura presidencial do agora presidente pelo PSL, com a filiação de diversos nomes bolsonaristas. Nas urnas, o partido saiu fortalecido, a começar por uma bancada de 52 deputados federais, além de ter eleito três governadores no pleito passado.

No ano seguinte, houve o rompimento entre Bivar e Bolsonaro em razão da tentativa do presidente de assumir o controle do partido, que ficou com o maior fundo eleitoral e partidário até 2022.

Em Pernambuco, o PSL não tem deputado estadual na Assembleia Legislativa.

Érika Lacet

Com a ida de Marconi Muzzio para a Controladoria Geral do Estado, a ex-secretária Érika Lacet vai voltar a atuar como servidora de carreira do quadro da Procuradoria-Geral do Estado (PGE).

“Quero desejar todo sucesso ao novo secretário Marconi Muzzio e ao presidente do Porto do Recife, José Lindoso, na certeza de que saberão cumprir bem os desafios que virão pela frente. Também quero agradecer à dra. Érika Lacet pelo brilhante trabalho realizado à frente da Controladoria”, afirmou Paulo Câmara.

Últimas notícias