Blog de Jamildo - Tudo sobre política e economia com informação exclusiva, análise e opinião
Blog de Jamildo

Política do Recife, Pernambuco e do Brasil. Informações exclusivas, bastidores e tudo que você precisa saber sobre o mundo político

Presidente do TCU, Ana Arraes afasta auditor ligado a nota citada por Bolsonaro que questiona mortes por covid-19 no Brasil

José Matheus Santos
José Matheus Santos
Publicado em 09/06/2021 às 14:59
Ana Arraes (Foto: Beto Oliveira/Câmara dos Deputados)
Ana Arraes (Foto: Beto Oliveira/Câmara dos Deputados)
Leitura:

A presidente do Tribunal de Contas da União (TCU), Ana Arraes, determinou nesta quarta-feira (9) o afastamento, por 60 dias, do auditor Alexandre Figueiredo Costa Silva Marques, apontado como responsável pela elaboração de um estudo paralelo que questiona o número de mortes por covid-19 no Brasil.

O afastamento é a primeira medida efetiva desde que seu nome surgiu como o provável autor de um documento equivocado que levantava suspeitas de superdimensionamento no número de mortes por covid-19 no Brasil.

Ana Arraes também determinou a abertura do processo administrativo disciplinar para investigar o auditor e o encaminhamento de pedido à Polícia Federal para que apure o caso.

O estudo paralelo produzido por Alexandre foi usado nesta semana pelo presidente Jair Bolsonaro para questionar os números divulgados pelos estados sobre mortes causadas pela Covid-19.

O documento foi citado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) a apoiadores como se fosse um levantamento oficial do TCU sobre o assunto. O TCU, depois, desmentiu a fala de Bolsonaro, que, no dia seguinte, admitiu o erro.

Bolsonaro, na terça (8), chegou a reconhecer que havia errado ao atribuir a informação ao TCU, entretanto insistiu na informação de que há aumento no número de mortes causadas pela covid, sem apresentar provas para a suspeita.

Últimas notícias