Blog de Jamildo - Tudo sobre política e economia com informação exclusiva, análise e opinião
Blog de Jamildo

Política do Recife, Pernambuco e do Brasil. Informações exclusivas, bastidores e tudo que você precisa saber sobre o mundo político

Farmacêutica negocia construção de fábrica para gerar 1.000 empregos diretos em Pernambuco

José Matheus Santos
José Matheus Santos
Publicado em 10/06/2021 às 14:46
Foto: Aluisio Moreira/Governo de Pernambuco
Foto: Aluisio Moreira/Governo de Pernambuco
Leitura:

A Blau Farmacêutica, uma das principais indústrias de medicamentos hospitalares de alta complexidade da América Latina, definiu o estado de Pernambuco como local para implantar seu projeto de expansão industrial no Brasil.

A área em avaliação está situada no Complexo de Suape, no Cabo de Santo Agostinho, Região Metropolitana do Recife, e terá capacidade para atender o mercado interno e externo. A empresa estima um investimento de até R$ 1 bilhão de reais e uma geração potencial de mais de mil empregos diretos.

O anúncio foi feito pelo presidente da empresa, nesta quarta-feira (09), em reunião com o governador Paulo Câmara (PSB), no Palácio do Campo das Princesas. Segundo Marcelo Hahn, “a Blau definiu Pernambuco como local de sua nova sede industrial e de distribuição, desde que sejam confirmadas as contrapartidas necessárias do Estado, conforme negociações em andamento”. Não foi confirmada data para instalação do novo empreendimento.

A Blau é uma indústria farmacêutica líder no segmento institucional e pioneira em biotecnologia, com portfólio proprietário de medicamentos de alta complexidade, com foco em segmentos relevantes na indústria, como imunologia, hematologia, oncologia, nefrologia, especialidades, antibióticos, atuando em diversas classes terapêuticas.

A empresa possui footprint continental, presente em seis países da América Latina e nos Estados Unidos, e tem um moderno complexo industrial farmacêutico, composto por cinco plantas industriais, com tecnologia de ponta, dedicadas à produção de medicamentos biológicos, biotecnológicos, oncológicos, antibióticos, anestésicos injetáveis e insumos biotecnológicos.

“Mais uma indústria importante que estamos atraindo para o nosso Estado. Pernambuco está se consolidando como um polo farmacêutico importante, não apenas para o Nordeste, mas para todo o Brasil. O novo investimento vai gerar emprego e renda em um momento tão difícil pelo qual passa o nosso País”, afirmou Paulo Câmara.

A concretização do projeto contou com a articulação da Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (Sdec), que enviou representantes a São Paulo para abrir o canal de negociação e apresentar os potenciais do estado para receber o empreendimento.

“Temos trabalhado para ampliar e fortalecer nossa infraestrutura e apontar nossas vantagens competitivas, que colocam Pernambuco como a melhor opção para grupos nacionais que pensam em expandir para o Nordeste. Receber essa planta mostra o resultado disso, principalmente por ser uma fábrica de alto valor agregado para nossa indústria, de alta convergência tecnológica na sua estrutura e que, ainda assim, demanda um volume expressivo de mão de obra”, afirmou o secretário de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco, Geraldo Julio (PSB).

Também participaram da reunião a secretária executiva de Desenvolvimento Econômico, Ana Paula Vilaça; o presidente da Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (AD Diper), Roberto Abreu e Lima; o presidente de Suape, Roberto Gusmão; e o diretor de Planejamento e Gestão do Porto, Francisco Martins, além de representantes da empresa.

Últimas notícias