Blog de Jamildo - Tudo sobre política e economia com informação exclusiva, análise e opinião
Blog de Jamildo

Política do Recife, Pernambuco e do Brasil. Informações exclusivas, bastidores e tudo que você precisa saber sobre o mundo político

MANIFESTAÇÕES

Aprovados em concurso de agência do Governo de Pernambuco fazem protestos na manhã desta quarta-feira e cobram nomeações

Os aprovados vão cobrar do governador Paulo Câmara (PSB) a nomeação dos técnicos e fiscais.

José Matheus Santos
José Matheus Santos
Publicado em 23/06/2021 às 8:01
Notícia
Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
Leitura:

Uma comissão de aprovados no concurso realizado em 2019 pela Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária (Adagro), órgão ligado à Secretária de Agricultura de Pernambuco, promoverá, na manhã desta quarta-feira (23), prootestos em quatro cidades do estado.

Os atos estão previstos para acontecer das 8h30 às 12h em Recife, Garanhuns, Sertânia e Petrolina.

Os aprovados vão cobrar do governador Paulo Câmara (PSB) a nomeação dos técnicos e fiscais.

No Recife, o ato acontecerá no semáforo próximo ao Parque de Exposições do Cordeiro, na Avenida Caxangá, Zona Oeste da cidade.

Em Garanhuns, o protesto ocorrerá na Avenida Caruaru, próximo à Sede do IPA e da regional da Adagro. Em Afogados da Ingazeira, na Avenida Arthur Padilha, 577; em Salgueiro, na Rua Getúlio Vargas, 220 e em Petrolina, na Guararapes, em frente à prefeitura municipal.

De acordo com os membros da comissão de aprovados, "a saúde da população de Pernambuco que consome produtos animais e vegetais encontra-se em permanente estado de risco tendo em vista que a Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária (Adagro), órgão ligado à Secretaria de Agricultura de Pernambuco, não está conseguindo realizar as ações de controle de doenças infecciosas transmitidas por alimentos e de contaminações de agrotóxicos em razão da carência de pessoal especializado".

Segundo os organizadores do ato, um estudo da Adagro encaminhado ao Ministério Público de Pernambuco teria constatado os riscos em denúncia de que o Governo do Estado estaria supostamente "postergando as nomeações de concursados com o objetivo de beneficiar comissionados e terceirizados".

Ao todo, 90 técnicos e 50 fiscais foram aprovados em concurso realizado pela Adagro em 2019 e não foram convocados até o momento, de acordo com os organizadores do ato.

Segundo os representantes dos aprovados, em março último, o secretário de Agricultura, Claudiano Martins Filho, chegou a fazer uma reunião com os representantes dos concursados. "No encontro, o secretário se comprometeu em trabalhar para a efetivação dos aprovados. Contudo, semanas depois do encontro, o seu assessor na Secretaria de Agricultura, encarregado de tratar do assunto, deixou de dar retorno às tentativas de contato feitas pela comissão dos concursados", dizem os organizadores do protesto.

Na segunda-feira da semana passada (14), conforme mostrou o Blog em uma outra ação judicial movida por 15 concursados aprovados, o juiz Djalma Andrelino Nogueira Junior, da 4ª Vara da Fazenda Pública do Recife, determinou que o Governo de Pernambuco, no prazo de 60 dias, convoque os aprovados no concurso público realizado em 2019. A decisão também fixa multa diária de R$ 20 mil em caso de descumprimento. O governo ainda pode recorrer da decisão.

Comentários

Últimas notícias