Blog de Jamildo - Tudo sobre política e economia com informação exclusiva, análise e opinião
Blog de Jamildo

Política do Recife, Pernambuco e do Brasil. Informações exclusivas, bastidores e tudo que você precisa saber sobre o mundo político

Presidente do Butantan defende vacinas aprovadas pela Anvisa e faz ressalva à Sputnik V: 'nunca mostraram transparência'

José Matheus Santos
José Matheus Santos
Publicado em 15/06/2021 às 16:52
Foto: Divulgação/Sputnik V
Foto: Divulgação/Sputnik V
Leitura:

O diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, afirmou que as vacinas aprovadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) são confiáveis. A declaração foi dada durante reunião do Conselho Político e Social (COPS), da Associação Comercial de São Paulo (ACSP), que ocorreu na manhã dessa segunda-feira (14), na sede da entidade, no Centro de São Paulo.

Apesar de confiar nos imunizantes, Dimas Covas vê a Sputnik V, ainda em fase de aprovação na Anvisa, cercada de incertezas. O imunizante russo, desenvolvido pelo Instituto Gamaleya, pode ter sua autorização para o uso regulamentada no país em caráter emergencial nos próximos dias.

Em sua palestra, Dimas Covas disse que pouco tempo atrás foram solicitadas várias documentações importantes para a fabricante russa que faz a vacina Sputnik V, mas não houve encaminhamento de tudo o que foi pedido para a Anvisa. "O mais estranho é que nunca mostraram transparência para os técnicos do órgão regulamentador brasileiro", afirmou. "Eles chegaram a ir até a Rússia só para conhecer a fábrica onde é feita a vacina, mas o governo local não permitiu o acesso", emendou. "Como ter a certeza de que o imunizante é confiável?", indagou o presidente do Butantan.

Durante a reunião Dimas Covas disse ainda que a Butanvac, nova vacina do Instituto Butantan contra covid-19 que já vai começar nos próximos dias a cadastrar voluntários para teste, será produzida em larga escala assim que for aprovada pela Anvisa.

"No mais tardar, no início do ano que vem o Brasil terá à disposição uma vacina atualizada, eficaz, nacional e produzida em larga escala", afirmou. Quem se vacinar com a Butanvac, de acordo com ele, estará se protegendo também contra a gripe. "Por enquanto, posso dizer que a previsão é de que a vacina contra a covid-19 entrará no calendário anual nacional de vacinação", ressaltou.

O presidente do Instituto Butantan, Dimas Covas, acredita também que a tendência é que, a partir do início de 2022, a pandemia já esteja controlada no planeta, por conta do avanço mundial da imunização da população.

A palestra de Dimas Covas foi coordenada pelo ex-senador Heráclito Fortes e teve transmissão simultânea nos canais oficiais da entidade no Youtube e Facebook.

Últimas notícias