Blog de Jamildo - Tudo sobre política e economia com informação exclusiva, análise e opinião
Blog de Jamildo

Política do Recife, Pernambuco e do Brasil. Informações exclusivas, bastidores e tudo que você precisa saber sobre o mundo político

NOVA PESQUISA

Lula amplia vantagem e venceria Bolsonaro por 58% a 31% no segundo turno, afirma Datafolha

Bolsonaro é o mais rejeitado pelos eleitores, segundo o levantamento.

José Matheus Santos
José Matheus Santos
Publicado em 09/07/2021 às 12:36
Notícia
Ricardo Stuckert/Divulgação e Marcos Corrêa/PR
Lula e Bolsonaro - FOTO: Ricardo Stuckert/Divulgação e Marcos Corrêa/PR
Leitura:

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) aparece com 46% das intenções de voto para a eleição presidencial de 2022 contra 25% do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), segundo pesquisa Datafolha divulgada nesta sexta-feira.

O petista aparece à frente do mandatário tanto na pesquisa estipulada, quanto são ditos os nomes dos candidatos aos entrevistas. Em um cenário em que os dois se enfrentam no segundo turno, o petista aparece com 58% dos votos, e o presidente, 31%.

Lula também lidera nos dois cenários apresentados para o eleitor e em todas as simulações de disputa de segundo turno.

A pesquisa também incluiu possíveis candidatos como o ex-ministro e ex-governador do Ceará Ciro Gomes (PDT), o governador de São Paulo João Doria (PSDB), o governador do Rio Grande do Sul Eduardo Leite (PSDB) e o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta (DEM).

Nos dois cenários de primeiro turno testados pelo Datafolha, os principais rivais estão na mesma. Lula fica à frente com 46%, ante 25% do presidente. Ciro marca 8% numa e 9%, na segunda. Numa hipótese e noutra, 10% dizem que não votam em ninguém.

Nesse cenário, em votos válidos Lula chega a 52%, o que dentro da margem de erro lhe garantiria a vitória em primeiro turno na eleição.

A diferença fica na conta do PSDB, que num cenário tem João Doria, o governador paulista que confirmou no período que vai disputar as prévias para tentar ser o presidenciável do partido, e noutro, Eduardo Leite, que governa o Rio Grande do Sul e também postula a nomeação.

Com o paulista no primeiro cenário, os tucanos chegam a 5%, enquanto o DEM com o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta chega a 5%. Todos embolados tecnicamente entre si e com Ciro.

Já na segunda fotografia, com o gaúcho, o tucano faz 3%, e o ex-ministro, 5% —empatando com o pedetista no limite da margem de erro.

O Datafolha ouviu de forma presencial 2.074 pessoas com 16 anos ou mais nos dias 7 e 8 de julho. A margem de erro máxima é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Veja os cenários

Cenário 1

Lula (PT) 46%
Bolsonaro (sem partido) 25%
Ciro Gomes (PDT) 8%
João Doria (PSDB) 5%
Mandetta (DEM) 4%
Brancos, nulos e nenhum 10%
Não sabe 2%

Cenário 2 (com Eduardo Leite no lugar de João Doria)

Lula (PT) 46%
Bolsonaro (sem partido) 25%
Ciro Gomes (PDT) 9%
Mandetta (DEM) 5%
Eduardo Leite (PSDB) 3%
Brancos, nulos e nenhum 10%
Não sabe 2%

Segundo turno

Na disputa Lula contra Bolsonaro, o petista oscilou de 55% para 58% de maio para cá. O presidente, de 32% para 31%.

Já Ciro segue à frente do presidente, em estabilidade: o placar deu 50% (era 48%) a 34% (era 36%).

Doria, que luta para levar a indicação tucana em novembro, ultrapassou Bolsonaro num segundo turno. Passou de 40% para 46%, ante maio, enquanto o presidente caiu oscilou negativamente no limite da margem, de 39% para 35%. No embate com Lula no "round" final, o governador de São Paulo perde por 56% a 22%, números estáveis em relação a maio.

Os cenário de segundo turno pesquisados:

Lula 58%
Bolsonaro 31%
Brancos e nulos 10%

Ciro 50%
Bolsonaro 34%
Brancos e nulos 15%

Lula 56%
Doria 22%
Brancos e nulos 20%

Doria 46%
Bolsonaro 35%
Brancos e nulos 18%

Rejeição

Na rejeição, quando os entrevistados afirmam em quem não votariam de jeito nenhum, o presidente Jair Bolsonaro aparece em primeiro lugar, com 59%. Em seguida, Lula e João Doria estão empatados no quesito com 37%.

A menor rejeição entre todos os especulados no levantamento é de Eduardo Leite: 21%. Junto a ele está Mandetta, com 23%.

Bolsonaro 59%
Lula 37%
Doria 37%
Ciro 31%
Mandetta 23%
Eduardo Leite 21%
Rejeita todos/não votaria em nenhum 2%
Votaria em qualquer um/não rejeita nenhum 2%
Não sabe 1%

Comentários

Últimas notícias