Blog de Jamildo - Tudo sobre política e economia com informação exclusiva, análise e opinião
Blog de Jamildo

Política do Recife, Pernambuco e do Brasil. Informações exclusivas, bastidores e tudo que você precisa saber sobre o mundo político

PÚBLICO DE VOLTA

Governo de Pernambuco quer volta de público aos estádios começando apenas pela Arena de Pernambuco. Jogo Brasil x Argentina poderá ser 'evento teste'

Estão em estudo priorizar o ingresso nos estádios de vacinados com duas ou ao menos uma dose contra a covid-19, apresentação de teste negativo para covid-19, distanciamento social e uso de máscara.

José Matheus Santos
José Matheus Santos
Publicado em 26/07/2021 às 12:12
Notícia
JC IMAGEM
Torcedores pernambucanos não vão aos estádios há mais de um ano. - FOTO: JC IMAGEM
Leitura:

Integrantes do Governo de Pernambuco afirmam, reservadamente, que a volta do público aos estádios de futebol no estado deverá começar pela apenas pela Arena de Pernambuco. Ou seja, se quiserem jogos com torcida, Náutico, Sport e Santa Cruz teriam que jogar lá.

O martelo não está batido, já que será aberta uma fase de diálogo com os clubes, que podem resistir a jogar na Arena. No entanto, a expectativa do governo é de que "o bolso fale mais alto", pois os clubes estão desde março de 2020 sem torcida nos estádios, o que afeta negativamente as equipes.

Dois motivos são justificados nos bastidores: o primeiro, para visibilidade à Arena, que, nos últimos anos, até mesmo antes da pandemia, não conseguiu receber com frequência eventos de grande porte, além da ajuda na parte financeira, e a segunda razão: a preocupação com o entorno das praças esportivas.

"O público deve retornar ainda antes da vacinação ser 100% para a segunda dose. Com isso, o protocolo terá que ser rígido. Ou seja, não adianta colocar público em Aflitos, Ilha do Retiro e Arruda, áreas com grande população residencial, para ter aglomerações ao redor, em bares, restaurantes, ruas", afirma um membro do governo envolvido na elaboração dos protocolos.

A capacidade inicial de uso na Arena poderá ser de 4 a 8 mil pessoas, a depender do porte do jogo.

Estão em estudo priorizar o ingresso de vacinados com duas ou ao menos uma dose contra a covid-19 e  apresentação de teste negativo para covid-19. Será obrigatório distanciamento social e uso de máscara.

O protocolo de retorno do público está sendo elaborado em conjunto com a Federação Pernambucana de Futebol (FPF). O governo deverá tornar público em agosto, divulgando, assim, uma previsão para a retomada.

O Governo de Pernambuco aposta que, até o início de outubro, toda a população adulta estará vacinada com a primeira dose contra a covid-19, o que ainda não garante a proteção total, assegurada apenas com duas doses, ou a vacina de dose única.

Na FPF, a expectativa é de que um dos eventos de teste da volta do público ao estádio, além dos testes com os clubes locais, seja um confronto entre Brasil e Argentina, em setembro ou outubro, com limite de capacidade de público, em partida pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022. A expectativa é pela confirmação da data do jogo em agosto.

O jogo deveria ter ocorrido no primeiro semestre, mas foi adiado por causa da terceira onda de coronavírus na América do Sul. Há duas rodadas triplas previstas para setembro e outubro nas Eliminatórias. Em uma das duas, vai entrar Brasil e Argentina.

A partir desta segunda-feira (26), começa a retomada gradual do público em competições esportivas em Pernambuco, exceto para o futebol profissional. A medida foi anunciada pelo governo estadual na quinta-feira passada (22).

O limite é de até 100 pessoas nas competições esportivas em ginásios, quadras e similares a partir de hoje. As competições podem ser realizadas até as 23h com o público limitado. Para o futebol profissional, que ficou de for da flexibilização, o governo anunciou que já está sendo elaborado um protocolo específico.

Comentários

Últimas notícias