guerra das vacinas

CPI da Covid aprova acareação entre Onyx e Luis Miranda

Iniciativa foi aprovada durante os trabalhos da CPI da Covid nesta quarta-feira

JAMILDO MELO
JAMILDO MELO
Publicado em 11/08/2021 às 16:17
JEFFERSON RUDY/AGÊNCIA SENADO
Luis Miranda em depoimento à CPI da Covid - FOTO: JEFFERSON RUDY/AGÊNCIA SENADO
Leitura:

Nesta quarta, o presidente da CPI, Omar Aziz (PSD-AM), comunicou a aprovação do requerimento para a realização de acareação entre o atual ministro do Trabalho, Onyx Lorenzoni, e o deputado federal Luis Miranda (DEM-DF), que denunciou esquema de corrupção nas negociações para a compra da vacina indiana Covaxin.

O pedido foi protocolado pelo senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) e a data provável para a acareação é 18 de agosto, a ser ainda confirmada pela CPI.

Renan Calheiros (MDB-AL) comunicou que apresentou Projeto de Decreto Legislativo (PDL) no Senado para sustar ato de servidores do Ministério da Saúde que negaram o acesso da CPI a documentos e processos relacionados à compra do imunizante Covaxin. Segundo o relator da comissão, o texto também tem a assinatura de Randolfe Rodrigues (Rede-AP), Omar Aziz (PSD-AM) e Humberto Costa (PT-PE).

Comentários

Últimas notícias