Blog de Jamildo - Tudo sobre política e economia com informação exclusiva, análise e opinião
Blog de Jamildo

Política do Recife, Pernambuco e do Brasil. Informações exclusivas, bastidores e tudo que você precisa saber sobre o mundo político

Retomada

IBGE confirma Pernambuco em segundo lugar no ranking nacional de atividades turísticas no primeiro semestre

Estado é ainda líder do Nordeste dentre os pesquisados pelo instituto de janeiro a junho. Com relação a mesmo período em 2020, alta foi de 26%

JAMILDO MELO
JAMILDO MELO
Publicado em 13/08/2021 às 17:30
Notícia
MATHEUS RIBEIRO/divulgação
Considerando apenas a região Nordeste, o Estado é líder do ranking, tendo a Bahia com 73,3% e Ceará, com 63,6% no volume total dos primeiros seis meses de 2021. - FOTO: MATHEUS RIBEIRO/divulgação
Leitura:

A Pesquisa Mensal de Serviços (PMS), divulgada pelo IBGE, confirmou a retomada do turismo no Estado.

No acumulado de janeiro a junho deste ano no índice de atividades turísticas, Pernambuco aparece pelo segundo mês consecutivo como vice-líder do ranking nacional, com 85,6% - atrás apenas de Goiás, com 92%.

Quando comparado este número com o mesmo período em 2020, o resultado surpreende: o crescimento foi de 26%.

Considerando apenas a região Nordeste, o Estado é líder do ranking, tendo a Bahia com 73,3% e Ceará, com 63,6% no volume total dos primeiros seis meses de 2021.

“Nos últimos meses, Pernambuco tem aparecido como um dos Estados com maior volume de atividades turísticas do País. Com os números de casos da Covid-19 em queda e o aumento da vacinação, nossa expectativa é para resultados ainda melhores em breve. Vale salientar que temos também o voo mais procurado do Brasil de janeiro a junho, que é o Guarulhos-Recife. Seguimos na retomada gradual e constante do nosso turismo, sempre respeitando os protocolos sanitários para garantir a saúde da população e dos turistas que aqui chegam”, disse o secretário de Turismo e Lazer, Rodrigo Novaes.

Com relação apenas ao último período analisado pelo IBGE, maio a junho, mais resultados positivos são sentidos.

O aumento foi de 13%, acima da média nacional, que ficou em 11,9%.

No Índice de Receita Nominal com ajuste sazonal, Pernambuco obteve crescimento de 19,3% no acumulado de janeiro a junho de 2021 em relação ao mesmo período de 2020.

No acumulado dos seis primeiros meses, o Estado figura com o quarto maior incremento do País, com 88,4%, atrás apenas de Goiás (106,1%), Santa Catarina (94,4%) e Bahia (90,6%).

Na região Nordeste o Estado segue na vice-liderança, atrás apenas da Bahia, que apresentou incremento de 90,6%.

Comentários

Últimas notícias