guerra das vacinas

Pesquisa da XP/Ipespe diz que aceleração das vacinas premia governadores e prefeitos

É a avaliação mais baixa e a primeira vez que a aprovação é inferior a 30% desde o início das medições desse mandato.

JAMILDO MELO
JAMILDO MELO
Publicado em 17/08/2021 às 15:06
FILIPE JORDÃO/JC IMAGEM
A vacinação no Recife começou em 18 de janeiro, com 66.200 doses, um dia após a chegada de 270 mil doses da CoronaVac a Pernambuco - FOTO: FILIPE JORDÃO/JC IMAGEM
Leitura:

O sociólogo Antônio Lavareda, responsável pela produção da pesquisa da XP Investimentos, destacou alguns dos principais pontos do mais novo levantamento do Ipespe.

"Com a intensificação do processo de imunização da população, a avaliação positiva dos governadores e prefeitos, especificamente quanto ao seu desempenho no enfrentamento da pandemia, deu um salto do mês passado para cá. Indo de 36% para 43% no caso dos gestores estaduais e de 45% para 55% nos municipais", afirmou.

"Diferentemente, a avaliação do presidente Bolsonaro oscilou negativamente um ponto ( de 22% para 21%)."

AVALIAÇÃO DO GOVERNO BOLSONARO SEGUE EM QUEDA.

Ele destaca que, embora a interrupção no recesso do funcionamento da CPI da Covid, a maior velocidade da vacinação contra a Covid e o bom desempenho do Brasil na Olimpíada de Tóquio tenham diminuído o volume do noticiário negativo, o mau humor da opinião pública face ao governo não diminuiu.

Ao contrário, sua avaliação positiva (O/B) recuou para 23% ( era 25% em julho) e a negativa ( R/P) avançou de 52% para 54%. No mesmo período, a aprovação do presidente caiu de 31% para 29%, mantendo-se a desaprovação em 63%.

É a avaliação mais baixa e a primeira vez que a aprovação é inferior a 30% desde o início das medições desse mandato.

 

GOVERNO DE SP/DIVULGAÇÃO
João Doria (PSDB), governador de São Paulo - FOTO:GOVERNO DE SP/DIVULGAÇÃO

Comentários

Últimas notícias