eleições 2022

'Silvio Costa Filho chegou agora na Frente Popular e quer sentar na janela?', diz Eduardo da Fonte a aliados

Disputa pelo Senado entre aliados da Frente Popular vai ganhando força

JAMILDO MELO
JAMILDO MELO
Publicado em 21/08/2021 às 12:29
Foto: Reprodução/Facebook
Presidente do PP de Pernambuco, o deputado federal Eduardo da Fonte vai apoiar o ex-presidente Lula - FOTO: Foto: Reprodução/Facebook
Leitura:

Segue a disputa entre os candidatos a uma das vagas para Senador na chapa da Frente Popular, nas eleições de 2022.

O deputado federal Eduardo da Fonte, do PP, um dos pretendendes à indicação, viu a divulgação de uma foto de Sílvio Costa Filho ao lado de Lula, no domingo, de forma bastante crítica.

Em comentário com aliados, nesta semana que passou, descascou o concorrente, de forma diplomática, como é do seu estilo.

"Silvio Costa Filho chegou na Frente Popular agora e quer sentar na janela? Ele estava com Armando Monteiro Neto (adversário dos socialistas desde sempre). André de Paula e eu temos mais tempo de serviços prestados na Frente Popular e temos mais apoio de deputados e prefeitos. Eu estou na frente popular desde 2006, trabalhando ao lado de Eduardo Campos desde o começo. Acho que ele está engolindo corda, o pai sonha em virar deputado de novo e a campanha para o Senado abre esta possibilidade", comparou.

A foto com Lula esta semana também gerou ciumeira, neste caso com bordoadas também em André de Paula.

"Em 2019, quando Lula saiu da prisão, o único que foi visitá-lo, no hotel Atlante Plaza fui eu. Os outros dois não foram. Sabe porque? Silvio Costa Filho era bolsonarista. Só virou a chave a favor de Lula depois que perdeu a liderança do Republicanos, para o deputado Hugo Mota. Agora que Lula está com 70% de aprovação é fácil. Todo mundo quer estar ao lado dele. Agora todo mundo quer ir fazer uma foto", comparou.

Comentários

Últimas notícias