Blog de Jamildo - Tudo sobre política e economia com informação exclusiva, análise e opinião
Blog de Jamildo

Política do Recife, Pernambuco e do Brasil. Informações exclusivas, bastidores e tudo que você precisa saber sobre o mundo político

exclusivo

Atitude Pernambuco terá reunião com Bolsonaro para falar sobre projetos estratégicos para Pernambuco

Grupo multissetorial vai entregar ao presidente da República uma carta-manifesto, pedindo soluções para o Arco Metropolitano, BR-232 e Transnordestina, além da recuperação da autonomia do Porto de Suape

JAMILDO MELO
JAMILDO MELO
Publicado em 03/09/2021 às 14:30
Notícia
EVARISTO SA / AFP
Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro - FOTO: EVARISTO SA / AFP
Leitura:

Conforme antecipou o blog de Jamildo, no sábado passado.

O grupo multissetorial Atitude Pernambuco terá uma reunião de caráter institucional e técnica com o presidente da República, Jair Bolsonaro, nesta sexta-feira (3/9), no Recife, para apresentar ao Governo Federal uma defesa dos projetos estruturadores para Pernambuco, bem como debater estratégias de desenvolvimento regional para todo o Nordeste.

Na pauta, estão obras de infraestrutura fundamentais para o Estado e o Nordeste, como a construção do Arco Metropolitano, a recuperação da BR-232 e a implementação do ramal Suape da Ferrovia Transnordestina.

A entidade também pede a recuperação da autonomia do Porto de Suape e defende a vinda para Pernambuco da nova Escola de Sargentos do Exército Brasileiro.

Esses são os principais pontos da carta-manifesto que será entregue pelo presidente do Conselho do movimento, Guilherme Ferreira da Costa, a Jair Bolsonaro.

O encontro, que acontece às 16h, integra a agenda oficial da visita de Bolsonaro ao Estado e vinha sendo solicitado pelo Atitude Pernambuco à Casa Civil da Presidência da República nos últimos meses.

O diretor-executivo da entidade, Guilherme Cavalcanti, ressalta o papel do Estado como hub logístico de âmbito regional e defende que os problemas de infraestrutura locais têm impacto para todo o Nordeste e, numa visão ampliada, acabam prejudicando a competitividade não apenas da região, mas do país.

“É fundamental que possamos construir pontes entre os diferentes níveis de governo e que todos os agentes públicos envolvidos nos grandes temas estratégicos para Pernambuco e para o país assumam um compromisso de avançarmos nestes projetos. A não execução de um projeto como o do Arco Metropolitano, por exemplo, contribui para um gargalo na BR-101, em Pernambuco, afetando um eixo estratégico para o desenvolvimento não apenas local, mas regional”, disse, nesta quinta.

Sobre a BR-232, Guilherme Cavalcanti ressalta o imbróglio político que a rodovia se tornou e que tem resultado no abandono de uma das principais obras recentes da infraestrutura do Nordeste.

“Após quase duas décadas, não há um consenso entre o Governo Estadual e a União sobre a conclusão da duplicação e a responsabilidade pela manutenção e novos investimento. Isso tem gerado um prejuízo incalculável”, sustenta.

Quanto à Transnordestina, o Atitude Pernambuco sugere que se busque uma solução alternativa que viabilize o ramal que liga o interior do Nordeste ao Porto de Suape.

“Em relação a Suape, queremos a reversão da decisão da União que tirou a autonomia do porto, em 2013, e a permissão para que Suape se torne um terminal de uso privativo, condição essencial para incrementar as operações e torná-lo ainda mais competitivo”, afirma o diretor.

Sobre o Atitude Pernambuco

O movimento Atitude Pernambuco é um think tank (gabinete estratégico para fomento de ideias) formado a partir do engajamento de 24 empresários e executivos de diversos segmentos, que de forma voluntária colocam seus conhecimentos e experiência para contribuir com soluções para os desafios do Nordeste e Pernambuco e na formação de uma sociedade mais justa.

Criado em 2018, o movimento formula e apoia ações, programas e projetos que tragam resultados efetivos para redução das desigualdades sociais, aumento da competitividade, aprimoramento do ambiente de negócios e estruturação de uma educação de qualidade e referência.

Com olhar para o futuro, a entidade também promove a formação de novas lideranças empresariais dedicadas a exercer participação cidadã e capazes de atuar ativamente na construção dos rumos do desenvolvimento socioeconômico do Estado.

 

 

Comentários

Últimas notícias