Blog de Jamildo - Tudo sobre política e economia com informação exclusiva, análise e opinião
Blog de Jamildo

Política do Recife, Pernambuco e do Brasil. Informações exclusivas, bastidores e tudo que você precisa saber sobre o mundo político

Educação

Cepe anuncia lançamentos de livros em homenagem a Paulo Freire

Os dois títulos da Cepe Editora serão lançados na segunda quinzena de outubro em evento organizado em parceria com a Cátedra Paulo Freire.

JAMILDO MELO
JAMILDO MELO
Publicado em 18/09/2021 às 14:29
Notícia
DIVULGAÇÃO
Patrono da educação brasileira completaria 100 anos neste 19 de setembro - FOTO: DIVULGAÇÃO
Leitura:

Neste domingo (19) comemora-se o centenário de Paulo Freire, consagrado no mundo como criador da pedagogia do oprimido, didática voltada para a formação do pensamento crítico.

A Cepe Editora, que já dedicou ao escritor e filósofo pernambucano o seu calendário de 2021, capas do jornal literário Pernambuco (março) e da revista Continente (setembro), prepara para outubro o lançamento de dois títulos inspirados em sua obra: Os pés nos quintais e os olhos no mundo: Um menino chamado Paulo Freire, da professora e pesquisadora Targelia de Souza Albuquerque; e Olhares sobre Paulo Freire: Vida, história e atualidade, livro de ensaios organizado pelos professores José Batista Neto e Maria Eliete Santiago, coordenadora da Cátedra Paulo Freire da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).

Na avaliação da editora, o centenário de nascimento chega para constatar a atualidade da produção teórica de Paulo Freire e o vigor de sua filosofia.

De acordo com o editor da Cepe, Diogo Guedes, o pensamento de Paulo Freire sempre foi marcado pela crença nos outros, pelo desejo de despertar autonomia e consciência crítica nos indivíduos, respeitando seus contextos e particularidades.

“No seu centenário, quando pessoas e grupos ideológicos tantas vezes o atacam e distorcem seu pensamento dentro do Brasil, o mais importante é ler Paulo Freire em toda sua generosidade e complexidade, refletindo também sobre o momento atual a partir dos seus escritos", diz.

Os pés nos quintais e os olhos no mundo: Um menino chamado Paulo Freire, de Targelia de Souza Albuquerque, é um livro que propõe apresentar a vida e o pensamento do patrono da educação brasileira a um público leitor mais jovem.

Conforme a editora, a ideia seria revelá-lo a partir de sua história de menino pobre, muitas vezes obrigado a conviver com a fome, o processo de aprendizagem e entendimento de mundo - que se deu a partir do quintal de casa - e a resiliência que marcou sua vida. "Elementos fundamentais para o desenvolvimento do pensamento freiriano".

Já em Olhares sobre Paulo Freire: Vida, história e atualidade, os organizadores reuniram 14 ensaios sobre o educador, com professores e pesquisadores convidados de vários pontos do Brasil. A obra é dividida em duas partes. A primeira, Múltiplos olhares, traz textos de Silke Weber, Dimas Brasileiro, Alder Júlio Ferreira Calado e Targelia de Souza Albuquerque, focando-se um pouco mais na vida e trajetória de Paulo Freire.

Na segunda parte, Um pensamento político-pedagógico atual, plural e vigoroso, estão textos de: Carlos Rodrigues Brandão, Teresa Leitão, Inez Fornari de Souza, Ana Saul e Alexandre Saul, Ivanilde Apoluceno de Oliveira, Luiza Cortesão, Alexandre António Timbane e Maria Fernanda Luiz, Rubneuza Leandro de Souza, Maria Margarete Sampaio de Carvalho Braga e Maurício Cesar Vitória Fagundes; e Alexandre Magno Tavares da Silva e Rita de Cássia Cavalcanti Porto.

Os dois títulos da Cepe Editora serão lançados na segunda quinzena de outubro em evento organizado em parceria com a Cátedra Paulo Freire.

 

Comentários

Últimas notícias