Blog de Jamildo - Tudo sobre política e economia com informação exclusiva, análise e opinião
Blog de Jamildo

Política do Recife, Pernambuco e do Brasil. Informações exclusivas, bastidores e tudo que você precisa saber sobre o mundo político

ELEIÇÕES 2022

Rodrigo Pacheco confirma filiação ao PSD; partido quer candidatura à presidência

O senador Rodrigo Pacheco (sem partido) foi convidado pelo presidente do PSD, Gilberto Kassab

Augusto Tenório
Augusto Tenório
Publicado em 22/10/2021 às 12:32
Notícia
JEFFERSON RUDY/AGÊNCIA SENADO
POR ETAPAS Senado vai ouvir governadores sobre projeto que prevê valor fixo do ICMS sobre combustíveis - FOTO: JEFFERSON RUDY/AGÊNCIA SENADO
Leitura:

O senador Rodrigo Pacheco (sem partido), anunciou nesta sexta (22) que decidiu pela filiação ao Partido Social Democrático (PSD), presidido por Gilberto Kassab. Espera-se que o presidente do Senado seja um dos candidatos à presidência na eleição do próximo ano. A filiação deve ocorrer, oficialmente, na próxima quarta (27).

"Tomei a decisão de me filiar ao PSD, a convite de seu presidente, Gilberto Kassab. Agradeço aos filiados, colegas e amigos do Democratas de Minas Gerais e de todo o país o período de convivência partidária saudável e respeitosa", anunciou Rodrigo Pacheco no seu Twitter.

O senador adotou tom diplomático e deixou seus agradecimentos a ACM Neto, presidente do DEM. Ao deixar o partido do ex-prefeito de Salvador, Pacheco ainda desejou sucesso ao recém-criado União Brasil e ao presidente da nova sigla, o deputado Luciano Bivar (PSL).

Antes de ser filiado ao DEM, Pacheco foi eleito deputado federal pelo MDB, em 2014.

Rodrigo Pacheco e Kassab de olho em 2022

Em nota, o PSD afirmou que o presidente defende a candidatura do senador à Presidência da República. Adiantou-se, também, que o ato de filiação ocorrerá na próxima quarta (27), no Memorial JK, em Brasília.

"Além de estar na capital política do país, o centro cultural construído para homenagear o mineiro Juscelino Kubistchek confere à cerimônia o simbolismo que Kassab passou a construir ao defender o nome de Pacheco como possível candidato à Presidência pela legenda", disse o PSD em nota.

Comentários

Últimas notícias