PANDEMIA

Mesmo com vacinação, 60% dos municípios devem manter obrigatoriedade de máscara

Augusto Tenório
Augusto Tenório
Publicado em 03/11/2021 às 9:14
Ricardo Wolffenbuttel/Governo de SC
Impasse nos Estados Unidos sobre o uso obrigatório ou não de máscaras - FOTO: Ricardo Wolffenbuttel/Governo de SC
Leitura:

Pesquisa da Confederação Nacional de Municípios (CNM) mostra que a utilização de máscara como medida de combate à disseminação do coronavírus só não é mais obrigatória para 1% das prefeituras. Enquanto isso, 60% dos municípios afirmam que devem continuar exigindo a utilização do item mesmo, após vacinação completa. 

A pesquisa ouviu 1.703 prefeituras, entre 25 a 28 de outubro de 2021. Esta é a 30ª edição do levantamento semanal e mostra 36% dos gestores municipais ainda indecisos sobre o tema e apenas 2,5% (43) planejando retirar a obrigatoriedade do item no cenário em que todos estejam vacinados.

A grande maioria dos Municípios - ou 98,1% (1.670) - afirma manter os avisos e comunicados sobre a necessidade e importância da utilização da máscara de proteção.

Obrigatoriedade de vacinação

Os dados sobre a obrigatoriedade da vacinação contra a Covid para frequentar espaços coletivos também chamam atenção:

  • 14,2% (242) com obrigatoriedade da vacinação para frequentar espaços públicos
  • 83% (1.413) sem regramento em relação à imunização contra a doença

As medidas de restrição de circulação por conta do coronavírus ainda é uma prática em 55% (936) das administrações municipais; outros 38,7% (659) dos gestores locais já não mantêm mais as medidas de restrição.

Comentários

Últimas notícias