Saúde na pandemia

Alegando falta de profissionais, Governo vai contratar mais médicos para Hospital Getúlio Vargas no Recife

Os médicos contratados irão trabalhar "em regime de plantão, de 24 (vinte e quatro) horas, em um único turno, ou em dois turnos de 12 (doze) horas para cobertura das escalas"

Jamildo Melo
Cadastrado por
Jamildo Melo
Publicado em 05/11/2021 às 11:51 | Atualizado em 05/11/2021 às 11:59
DIVULGAÇÃO
Secretário Estadual de Saúde, André Longo - FOTO: DIVULGAÇÃO
Leitura:

A Secretaria Estadual de Saúde abriu seleção para mais dez médicos no Hospital Getúlio Vargas, no Recife.

O motivo alegado pela Secretaria, no ato oficial, é o "déficit de profissionais que impede a manutenção das escalas regulares das Unidades de Saúde e que gera a possibilidade iminente de fechamento de leitos" no Hospital.

A oposição na Assembleia Legislativa regularmente faz críticas ao atendimento no Hospital, assim como em outras unidades da rede estadual.

A Secretaria constatou que há a "necessidade de complementação da escala da emergência do Hospital Getúlio Vargas".

Os médicos contratados irão trabalhar "em regime de plantão, de 24 (vinte e quatro) horas, em um único turno, ou em dois turnos de 12 (doze) horas para cobertura das escalas".

A convocação da seleção foi feita por portaria do secretário André Longo.

Blog Imagem
A convocação da seleção foi feita por portaria no Diário Oficial do Estado - Blog Imagem

Comentários

Últimas notícias