MANDATO COLETIVO

Juntas vão a Salvador defender regularização dos mandatos coletivos

Augusto Tenório
Augusto Tenório
Publicado em 08/11/2021 às 10:19
ZITO JÚNIOR / DIVULGAÇÃO
ORGULHO Para Robeyoncé, certificado tem valor simbólico importante - FOTO: ZITO JÚNIOR / DIVULGAÇÃO
Leitura:

Representado pela codeputada Robeyoncé Lima, o mandato coletivo Juntas (PSOL-PE) vai a Salvador para para compor presencialmente, nesta quinta (11) a mesa da Sessão Especial sobre mandatos coletivos. O convite partiu do Pretas por Salvador (PSOL-BA), mandato coletivo semelhante da capital baiana.

Assim como as Juntas em Pernambuco, As Pretas por Salvador defendem pautas como a luta antirracista, o feminismo, o direito à moradia e LGBTQIA+.

O evento acontecerá na Câmara Municipal de Salvador, de forma semipresencial, a partir das 14 horas. As Juntas fazem parte da Frente Nacional de Mandatas e Mandatos Coletivos e estão articulando em defesa da regularização.

De acordo com as parlamentares, mandato coletivo é uma realidade aprovada pela sociedade e por isso precisa ser reconhecida pela institucionalidade. As Juntas afirmam que essa organização coletiva do mandato compartilhado é um avanço democrático que permite a multiplicação de pautas e viabiliza a representação de vozes excluídas da agenda política.

Comentários

Últimas notícias