DISPUTA

Em discurso de lançamento de candidatura, Sérgio Moro ataca Bolsonaro

Augusto Tenório
Augusto Tenório
Publicado em 10/11/2021 às 11:45
MARCOS CORRÊA/PR
Moro foi ministro da Justiça do governo Bolsonaro - FOTO: MARCOS CORRÊA/PR
Leitura:

Em discurso de filiação ao Podemos nesta quarta-feira (10), Sérgio Moro subiu ao palanque de forma diferente. Com a pré-candidatura à presidência já anunciada pelo senador Álvaro Dias, o ex-ministro de Bolsonaro adotou discurso crítico ao ex-chefe.

"É mentira dizer que a corrupção acabou", disse Sérgio Moro, diante da plateia. A fala faz referência ao discurso de Jair Bolsonaro. Ainda em 2020, enquanto elogiava a própria gestão, o presidente disse ter acabado com a operação Lava Jato porque não existiria mais corrupção no Governo Federal.

"Eu desconheço um lobby para criar dificuldade para vender facilidade. Não existe. É um orgulho, é uma satisfação que eu tenho, dizer a essa imprensa maravilhosa que eu não quero acabar com a Lava Jato. Eu acabei com a Lava Jato, porque não tem mais corrupção no governo. Eu sei que isso não é virtude, é obrigação", disse Bolsonaro na ocasião.

Ele também teceu críticas ao governo, do qual fez parte até abril de 2020, quando deixou o Ministério da Justiça e Segurança Pública fazendo acusações sobre interferências do presidente na Polícia Federal.

Em tempo, pesquisa Genial/Quaest mostra que o ex-juiz da Lava Jato ultrapassou Ciro Gomes (PDT) nas intenções de voto para a disputa presidencial.

Comentários

Últimas notícias