Sobrevivência

Bares e restaurantes pressionam Geraldo Julio por ampliação de eventos, em festas de final de ano

Na pandemia, o setor sofreu o pão que o diabo amassou e muitos estabelecimentos quebraram

JAMILDO MELO
JAMILDO MELO
Publicado em 18/11/2021 às 9:49
ALEXANDRE GONDIM / JC IMAGEM
PRIMEIRA OPÇÃO Ex-prefeito do Recife, Geraldo Julio tem dito e reiterado que não disputará o governo - FOTO: ALEXANDRE GONDIM / JC IMAGEM
Leitura:

Recife, 16 de novembro de 2021

Oficio Nº 1611/2021

Ao Governo do Estado

A/C Secretário de Desenvolvimento Econômico Geraldo Julio
A/C Secretária Executiva de Desenvolvimento Econômico Ana Paula Vilaça

Prezados Excelentíssimos Senhores,

A Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (ABRASEL) é a legítima representante do segmento de Alimentação Fora do Lar (AFL) em todo o Brasil.

Em decorrência dos problemas econômicos e sociais causados pela pandemia do coronavírus e as frequentes medidas restritivas, o setor teve uma baixa substancial no faturamento anual, como já é de conhecimento de todos. Por isso, solicitamos flexibilização na quantidade máxima de pessoas nas mesas durante as confraternizações de fim de ano. Com a procura de locais privados para confraternizações de empresas, o fluxo de pedido de mesas fechadas estão altos e podem ajudar na recuperação econômica do setor.

Os restaurantes e bares que prezam pelos protocolos estão preocupados com o movimento durante as festividades. Para isso, será muito mais realista com a atualidade lidarmos com um número maior de pessoas por mesa.

Pedimos que a proposta acima seja analisada e dialogado com a Abrasel.

Cordialmente,

André Araújo
Presidente Abrasel em PE

Comentários

Últimas notícias