ELEIÇÕES 2022

Ciro Gomes chama Sergio Moro para debate: "não aceitará porque é covarde"

Antes, Sergio Moro disse ter dúvidas se Bolsonaro ou Lula participariam de um debate

Augusto Tenório
Augusto Tenório
Publicado em 15/12/2021 às 9:32
REPRODUÇÃO
Sergio Moro e Ciro Gomes - FOTO: REPRODUÇÃO
Leitura:

Amargando o quarto lugar nas pesquisas de intenção de voto, o pré-candidato Ciro Gomes (PDT) tenta reagir, enquanto colegas de partido já pensam em outra candidatura. O ex-governador do Ceará foi ao Twitter e convidou seus adversários para um debate, focando em Sergio Moro (Podemos), que o ultrapassou recentemente nos levantamentos.

Ciro Gomes começou rebatendo declaração de Sergio Moro, que colocou em dúvida a participação de Lula (PT) e Jair Bolsonaro (PL) num debate. O pedetista chamou o ex-juiz de "despreparado".

"Moro, eu não tenho dúvida. Tenho certeza de que eles não aceitarão debater com ninguém. Nem mesmo com um despreparado, como você. Mas você não gostaria de demonstrar sua 'coragem' e 'preparo' debatendo, agora, comigo? (...) Por que você tem fugido aos desafios que tenho lhe feito reiteradamente?", disse o pedetista no Twitter.

Ciro ainda deu a Moro o privilégio de escolher o dia, a hora, o formato e o temas que quiser. "Aceitarei de pronto. Eu que sei que você não aceitará porque é covarde, dissimulado e despreparado", completou.

Pouco depois, Ciro Gomes retomou o assunto, convidando também Lula e Bolsonaro para subir ao ringue do debate político. O pré-candidato ainda adiantou o tema: educação e segurança pública.

"Milhões de alunos perderam o ano, como é que nós vamos fazer para tomar o jovem das garras e ameaças do narcotráfico? (...) Como vamos fazer para qualificar a saúde pública? Como vamos gerar empregos? Isso é o que precisa ser resolvido no Brasil", provocou.

Comentários

Últimas notícias