custo das estradas

Câmara do Cabo realiza audiência sobre cobrança de pedágio na PE-60

A previsão é que o estado faça o lançamento da licitação pública até o fim do primeiro semestre de 2022

JAMILDO MELO
JAMILDO MELO
Publicado em 19/12/2021 às 10:55
Cabo de Santo Agostinho
"Queremos debater quais os benefícios e impactos desse possível pedágio e também conhecer in loco o projeto na íntegra", disse Ricardinho, da Câmara Municipal - FOTO: Cabo de Santo Agostinho
Leitura:

A possibilidade da cobrança de pedágio por parte do Governo de Pernambuco aos veículos que trafegam na PE-60, rodovia estadual que corta o Cabo de Santo Agostinho, será tema de uma audiência pública, na próxima segunda-feira, dia 20, às 9 horas da manhã no plenário da Câmara de Vereadores do município.

Além da PE-60, o projeto do governo do Estado prevê a cobrança de pedágio em outras duas rodovias, a PE-90 e a PE-50.

A previsão é que o estado faça o lançamento da licitação pública até o fim do primeiro semestre de 2022.

O presidente da Câmara do Cabo de Santo Agostinho, vereador Ricardinho (MDB), lembrou que as discussões sobre a possibilidade da cobrança de pedágio na PE-60 foram iniciadas na câmara desde o mês passado.

“Foi tirado um encaminhamento para elaboração de um requerimento coletivo assinado por todos os vereadores para que possamos discutir aqui na casa amplamente e ter conhecimento em detalhes do que é esse projeto”, disse o presidente da Câmara.

Para a audiência pública, foram convidados representantes das Secretarias de Infraestrutura e Planejamento do estado, além do Ministério Público, Tribunal de Contas de Pernambuco, Assembleia Legislativa, prefeitos e vereadores do Cabo de Santo Agostinho, Ipojuca, Barreiros, Sirinhaem, Tamandaré, Rio Formoso e São José da Coroa Grande, municípios cortados pela PE-60.

“Queremos debater quais os benefícios e impactos desse possível pedágio e também conhecer in loco o projeto na íntegra”, disse Ricardinho.

Comentários

Últimas notícias