ESTATÍSTICA

Sem passaporte vacinal, esposa e filha de Mario Frias são expulsas de hotel

Secretario especial de Cultura criticou Eduardo Paes, prefeito do Rio de Janeiro, que respondeu

Augusto Tenório
Cadastrado por
Augusto Tenório
Publicado em 19/12/2021 às 17:15
ROBERTO CASTRO / MTUR
Mario Frias, ex-secretário de Bolsonaro, pediu para seguidores manterem a mente aberta à teoria de cidade secreta. - FOTO: ROBERTO CASTRO / MTUR
Leitura:

Através de publicações nas redes sociais, Mario Frias expôs sua revolta contra o passaporte vacinal após sua esposa e filha serem expulsas de um hotel por não apresentarem o documento. A comprovação da vacinação contra a covid-19 para entrar em determinados estabelecimentos é uma medida contra a disseminação do coronavírus.

A esposa e a filha de Mario Frias foram expulsas de um hotel localizado no Rio de Janeiro após a cidade ampliar a exigência do passaporte de vacinação. "Um merda inútil ter a coragem de impedir minha família de ter um teto para dormir às 21h da noite é criminoso", disse Mario Frias.

Revoltado com a medida, que visa impedir a disseminação da doença que já matou pelo menos 617 mil brasileiros, o secretario especial de Cultura resolveu atacar Eduardo Paes, prefeito do Rio de Janeiro.

O ator, conhecido pelo papel de vampiro na novela Os mutantes (Record), compartilhou um vídeo de Eduardo Paes numa roda de samba: "o prefeitinho na esbórnia, bebendo até cair, enquanto trata o carioca como escravo. (...) Enquanto enjaula o carioca ele se esbalda na farra".

Eduardo Paes respondeu: "Aqui só vacinado! Aí você pode se divertir muito. Se é que vão te aceitar em qualquer lugar... Em tempo: curte aí o samba da Vila homenageando o grande Martinho". O prefeito ainda chamou o secretário de "Mario Terraplana Que fria".

Comentários

Últimas notícias