Religião e política

Pastor explica fala sobre 'demônio' em dia de festa de Nossa Senhora da Conceição

Evangélico usa tese teológica para justificar crítica à devoção dos católicos aos seus santos

Jamildo Melo
Cadastrado por
Jamildo Melo
Publicado em 23/12/2021 às 16:46 | Atualizado em 23/12/2021 às 17:29
BOBBY FABISAK/JC IMAGEM
Procissão em homenagem a Nossa Senhora da Conceição, percorre a Avenida Norte até o Morro da Conceição. - FOTO: BOBBY FABISAK/JC IMAGEM
Leitura:

No começo do mês, a vereadora do PT no Recife Liana Cirne denunciou ao Ministério Público do Estado que um pastor evangélico chamou Nossa Senhora da Conceição de "demônio". Confira na sequência a nota de esclarecimento que ele enviou ao blog, nesta quinta

 

"Sou o pastor Aijalon Berto - líder Pastoral do Ministério Dúnamis, em Igarassu- e venho esclarecer que é um engano afirmar que chamei Maria de Demônio. Minha reposta será simples e objetiva e exporá o que a cosmovisão cristã acha do culto as imagens feitas pelos católicos".

"A luz desta cosmovisão, tal culto se constitui idolatria. Amplamente proibido na bíblia sagrada (Ex 20.3). À luz das escrituras quem energiza a veneração às imagens dos santos e da própria Maria (cultuada pelos católicos) são demônios de engano. O texto que fundamenta tal princípio se encontra em 1Co 10.20, que afirma que por trás das imagens os demônios é que estão sendo reverenciados, não importando qual o nome religioso tenha adotado para as mesmas, no caso doa católicos, Maria".

"Todavia - à luz da cosmovisão Cristã - não é a Maria bíblica que recebe o culto que os católicos entregam, mas um demônio de engano. Isso acontece porque os seres malignos se apropriam da identidade religiosa de Maria, para rivalizar o culto ao único que é digno de ser cultuado, Deus (Mt 4.10). A partir de então, tudo o que é feito em nome de Maria e suas estátuas são entregues ao ser identitário demoníaco que opera sobre essa camuflagem. ...(assim trata-se) de equívoco falacioso da vereadora Liana Cirne".

Comentários

Últimas notícias