SAUDE

Jair Bolsonaro tem férias interrompidas e é levado a hospital em São Paulo

O presidente Jair Bolsonaro deixou Santa Catarina e foi levado a São Paulo

Augusto Tenório
Augusto Tenório
Publicado em 03/01/2022 às 8:13
ISAC NOBREGA/PR
Jair Bolsonaro - FOTO: ISAC NOBREGA/PR
Leitura:

Jair Bolsonaro (PL) teve suas férias interrompidas na madrugada desta segunda (3) ao precisar ser levado ao Hospital Vila Nova Star, em São Paulo. O presidente estava de recesso em Santa Catarina, motivo pelo qual vem sendo alvo de críticas. De acordo com nota da Secom, ele passa bem.

O presidente estaria sentindo fortes dores abdominais. O médico Antônio Luiz Macedo, que operou Bolsonaro após a facada em setembro de 2018, acompanha o caso e, como informou ao UOL, ainda não sabe-se se uma nova cirurgia será necessária. Ele está nas Bahamas e aguarda voo para retornar ao Brasil.

O hospital confirmou tratar-se de uma nova obstrução intestinal (suboclusão intestinal), como disse o médico ao UOL. "Ele fará tomografia e mais exames para sabermos o que há no abdômen. Ainda não sabemos, mas pode ser causado, por exemplo, por um alimento mal mastigado, entre outros fatores", diz o profissional.

Bolsonaro deixou o Forte Marechal Luz, em São Francisco do Sul (SC), à 0h do domingo (2), num helicóptero da Força Aérea Brasileira (FAB). De lá, ele seguiu até Joinville (SC) e embarcou num voo embarcou para São Paulo, onde chegou por volta de 1h30 da segunda.

Apesar da internação, Bolsonaro não deve deixar de comparecer a nenhum compromisso oficial. Isso porque a agenda oficial do presidente está vazia para esta segunda e está terça-feira. Segundo o documento, inclusive, ele trabalhou, em média, menos de 3h diárias.

Nota do Vila Nova Star sobre o caso de Jair Bolsonaro

"O Hospital Vila Nova Star informa que o Senhor Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, deu entrada na unidade na madrugada desta segunda-feira, devido a um quadro de suboclusão intestinal. Ele está estável, em tratamento e será reavaliado ao longo desta manhã pela equipe do Dr. Antônio Luiz de Vasconcellos Macedo. No momento, sem previsão de alta", diz nota divulgada pela unidade de saúde.

A direção médica responsável é formada por: Dr. Antônio Luiz de Vasconcellos Macedo (Cirurgião-chefe), Dr. Leandro Echenique (Cardiologista), Dr. Ricardo Camarinha (Cardiologista do presidente), Dr. Antônio Antonietto (Diretor médico do Hospital Vila Nova Star) e Dr. Pedro Loretti (Diretor geral do Hospital Vila Nova Star).

Comentários

Últimas notícias