briga interna

Eduardo da Fonte nega legenda a Clodoaldo Magalhães em solidariedade ao PSB

O caso do deputado estadual Clodoaldo Magalhães virou uma novela

JAMILDO MELO
JAMILDO MELO
Publicado em 05/01/2022 às 8:55
DIVULGAÇÃO
Clodoaldo Magalhães fez foto ao lado de Lula e o tucano Alckmin - FOTO: DIVULGAÇÃO
Leitura:

O presidente estadual do Partido Progressistas em Pernambuco, Eduardo da Fonte, confirmou, durante participação na Rede Pernambuco de Rádios, que não dará legenda ao deputado Clodoaldo Magalhães para disputa na Câmara Federal pela sigla.

O líder Progressista disse que esse era um gesto de solidariedade ao Partido Socialista Brasileiro.

“O PSB tem esse problema interno com Clodoaldo, que ele tem atropelado as bases aliadas dos próprios correligionários, e o PP já foi solidário com o PSB e não irá aceitar o deputado Clodoaldo Magalhães como deputado federal”, disse.

O Progressista conta hoje com uma bancada do mesmo tamanho de parlamentares do PSB na Alepe. São onze deputados com representatividade em todas as regiões do estado de Pernambuco.

Eduardo da Fonte disse que aguarda a definição do nome escolhido pelo governador Paulo Câmara para se pronunciar sobre a composição dos outros nomes na chapa da Frente Popular.

“Com certeza vamos analisar o nome que o PSB irá colocar [...] e declarar o apoio a esse candidato”.

O deputado disse que não tem preferência na escolha do sucessor e que essa é uma prerrogativa do PSB.

“Não cabe ao nosso partido interferir numa decisão interna do PSB”, frisou.

Comentários

Últimas notícias