SAÚDE

Secretaria de Saúde comenta morte de idoso que aguardou 13 dias por leito de UTI

Idoso, que apresentou quadro de influenza, aguardou 13 dias por leito de UTI. SES-PE informa ter prestado atendimento e explica processo para solicitação de leito

Augusto Tenório
Cadastrado por
Augusto Tenório
Publicado em 09/01/2022 às 11:29 | Atualizado em 09/01/2022 às 11:35
Foto: Reprodução/ Google Street View
UPA de Nova Descoberta - FOTO: Foto: Reprodução/ Google Street View
Leitura:

Como mostrou o Blog de Jamildo após denúncia do deputado Romero Albuquerque (PP), um idoso de 74 anos faleceu após aguardar por 13 dias um leito de Unidade de Terapia Intensiva na UPA de Nova Descoberta. A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) comentou o ocorrido.

A pasta confirmou a informação preliminar de que o idoso deu entrada na UPA no dia 26 de dezembro de 2021, com quadro gripal. O homem, com comorbidades, testou positivo para influenza e, segundo a SES, recebeu toda a assistência da equipe da unidade.

"Em relação à solicitação de leito de UTI para o idoso, a SES-PE informa que a Central Estadual de Regulação de Leitos monitorava o caso e buscava vaga para o paciente. É importante frisar que, diante da aceleração de casos de influenza e do atual contexto de pandemia da Covid-19, a Central está usando o Escore Unificado para Priorização (EUP-UTI) de acesso a leitos de terapia intensiva", diz a Secretaria Estatual de Saúde. 

Confira, na íntegra, a nota da SES-PE sobre a morte do idoso

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) informa que o paciente citado pela reportagem deu entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Nova Descoberta no dia 26.12.21 com quadro gripal. Com exame positivo para influenza, o idoso, que tinha comorbidades, recebeu toda a assistência da equipe multiprofissional ao longo do internamento. No dia 06.01.22, apresentou uma piora e precisou ser entubado. É importante destacar que a UPA conta com estrutura de suporte respiratório para pacientes em quadros mais graves serem assistidos enquanto aguardam vaga em leito de UTI. Infelizmente, o quadro do paciente agravou e o idoso veio a óbito na manhã deste sábado (08)

Em relação à solicitação de leito de UTI para o idoso, a SES-PE informa que a Central Estadual de Regulação de Leitos monitorava o caso e buscava vaga para o paciente. É importante frisar que, diante da aceleração de casos de influenza e do atual contexto de pandemia da Covid-19, a Central está usando o Escore Unificado para Priorização (EUP-UTI) de acesso a leitos de terapia intensiva, protocolo balizado pelo Conselho Regional de Medicina de Pernambuco (Cremepe) e pela Sociedade de Terapia Intensiva de Pernambuco (Sotipe).

A priorização das transferências é realizada a partir da análise técnica entre o médico solicitante e o médico regulador, levando em consideração, primeiramente, a gravidade do caso, a estrutura disponível e a qualidade do suporte clínico nas unidades de saúde onde cada paciente se encontra. Após a solicitação do leito, a Central faz a busca ativa na rede pela vaga. Além disso, é preciso que o paciente esteja estável para que a transferência ocorra.

Atento ao atual cenário, o Governo de Pernambuco tem realizado todos os esforços possíveis para ampliar o número de vagas de UTI na sua rede própria, além de contratualizar toda a oferta disponível de terapia intensiva nas redes privada e filantrópica. Já são mais de 1,7 mil leitos abertos, sendo 857 vagas de UTI, para atender a demanda.

Por fim, a SES-PE e a direção da UPA de Nova Descoberta lamentam o falecimento do paciente, solidariza-se com os familiares neste momento de dor e se colocam à disposição para mais informações.

Comentários

Últimas notícias