PANDEMIA

"Paulo Câmara fará o certo", diz Rinaldo Júnior sobre possíveis novas restrições

Vereador, que já pediu ao MP cancelamento dos camarotes no Recife e discutiu com empresários do setor, conversou com o Blog sobre suas expectativas

Augusto Tenório
Augusto Tenório
Publicado em 10/01/2022 às 11:18
João Vicente/Divulgação
Rinaldo Júnior, vereador do Recife pelo PSB - FOTO: João Vicente/Divulgação
Leitura:

Rinaldo Júnior (PSB), que discutiu com empresários do setor de produção de eventos recentemente, comentou ao Blog de Jamildo sua expectativa sobre possíveis novas restrições com relação à pandemia de covid e epidemia de H3N2 em Pernambuco. O parlamentar nega trabalhar contra os camarotes, mas em defesa da Saúde.

"Estou ansioso, tenho certeza que o governador Paulo Câmara vai fazer o certo, um gesto a ser bem recebido pela população pernambucana. (...) Espero que ele edite um protocolo que seja bom para todo mundo, que a gente consiga passar por essa onda e em março ou abril tudo esteja de volta para, quem sabe, brincar o Carnaval", disse o vereador ao Blog de Jamildo.

O Carnaval de rua já foi suspenso no Recife pelo prefeito João Campos (PSB). Atualmente, mais de 82% dos leitos de UTI em Pernambuco estão ocupados. O estado vive, além da pandemia de covid, uma epidemia de H3N2.

Ele considera que a discussão com o empresariado aconteceu por causa do momento econômico, pois o setor começou uma retomada com a aceleração da vacina, realizando shows e eventos. "Por mais que a vacina esteja salvando vidas, ela não contém o contágio, e ainda tem a questão da H3N2. A gente quer discutir e construir pontes, mas não temos condições de realizar um Carnaval privado", argumenta.

Rinaldo Júnior já acionou o Ministério Público, no início do mês, pedindo o cancelamento dos camarotes particulares no Recife. "Mas é importante registrar que meu trabalho não é contra os camarotes! Estou pensando nos hospitais e profissionais da saúde exaustos. Essa discussão com o polo empresarial é importante", disse o vereador. Ele reclama de ataques pessoais, mas se coloca à disposição para o diálogo.

Comentários

Últimas notícias