DIREITO

OAB recebe representação contra advogado envolvido no Caso Beatriz

A advogada Niedja Mônica da Silva entrou com uma representação na OAB contra o também advogado Rafael Luis Nunes da Silva

Augusto Tenório
Cadastrado por
Augusto Tenório
Publicado em 20/01/2022 às 12:03 | Atualizado em 24/01/2022 às 13:26
DIVULGAÇÃO
OAB-PE - FOTO: DIVULGAÇÃO
Leitura:

A OAB-PE recebeu, através da Subseccional de Paulista, representação acerca da atuação de advogado envolvido na investigação do homicídio da menina Beatriz Angélica. Enquanto isso, o Caso Beatriz também movimenta a Alepe, onde uma CPI pode ser instaurada para investigar o panorama do crime.

Como o Blog de Jamildo noticiou, a advogada Niedja Mônica da Silva, chamada primeiramente para defender o prisioneiro suspeito da morte da menina Beatriz, entrou com uma representação na OAB contra o também advogado Rafael Luis Nunes da Silva.

O advogado em questão se apresentou nesta semana como novo defensor do homem indiciado pela SDS pelo rumoroso assassinato, ocorrido há seis anos, em Petrolina, no sertão de Pernambuco. O profissional, inclusive, divulgou uma suposta carta assinada pelo cliente, na qual o suspeito nega o crime.

O Presidente da OAB Pernambuco, Fernando Ribeiro Lins, determinou de imediato a designação de um conselheiro relator para que os fatos sejam apurados com a devida urgência. Objetivando, assim, evitar qualquer tipo de embaraço na condução do inquérito policial que apura o caso.

O processo corre sob sigilo, mas fonte ouvida sob reserva pelo Blog de Jamildo indica que o Tribunal de Ética e Disciplina pode punir o advogado de diversas formas, entre elas tirando seu registro da OAB. Espera-se que mais detalhes só sejam divulgados após apuração ser concluída.

Comentários

Últimas notícias