05
dez

ANP já tem quase 20 empresas interessadas em explorar campos de petróleo devolvidos

05 / dez
Publicado por Fernando Castilho em Notícias às 17:05

Um total de dezenove empresas já estão inscritas e aptas a apresentar declaração de interesse na Oferta Permanente projeto que consiste em disponibilizar continuamente campos devolvidos (ou em processo de devolução) e de blocos petróleo exploratórios ofertados em licitações anteriores e não arrematados ou devolvidos à Agência Nacional de Petróleo.

Conforme regras do edital da Oferta Permanente, a partir da aprovação da solicitação de inscrição pela CEL, as licitantes poderão apresentar a qualquer tempo a declaração dos setores de interesse, acompanhada de garantia de oferta, iniciando um ciclo da Oferta Permanente.

Até o momento, 34 empresas apresentaram documentação para participação na Oferta Permanente, que consiste na oferta contínua de campos devolvidos (ou em processo de devolução) e de blocos exploratórios ofertados em licitações anteriores e não arrematados ou devolvidos à ANP.

Foram selecionados para a primeira etapa 884 blocos em 14 bacias sedimentares e 14 áreas com acumulações marginais, sendo cerca de 80% em bacias terrestres e 20% em bacias marítimas. A Comissão Especial de Licitação (CEL) da ANP aprovou hoje (04/12) a inscrição de mais nove empresas na Oferta Permanente

Dos 884 blocos, 158 já estão disponíveis, com a publicação do edital, para declaração de interesse pelas empresas inscritas na Oferta Permanente.

Esses 158 blocos atendem ao disposto na Resolução CNPE nº 17/2017, que determina que as áreas ofertadas nas rodadas de licitações promovidas pela ANP devem ser previamente analisadas quanto à viabilidade ambiental pelos órgãos ambientais estaduais e pelo Grupo de Trabalho Interinstitucional de Atividades de Exploração e Produção de Óleo e Gás (GTPEG) e já ter sido objeto de autorizações de parte do CNPE em licitações anteriores.

Os blocos e áreas previstos para a primeira etapa da Oferta Permanente serão incluídos no edital à medida que os demais pareceres ambientais forem emitidos e após a realização de audiência pública específica sobre a inclusão das áreas.


Veja também