Informações e dicas para cuidados do seu bicho de estimação, seja ele um gato, cachorro, pássaro ou peixe de aquário, além de dicas de alimentação, adestramento, saúde e outros serviços
Meu Pet

Fique por dentro das novidades do mundo pet e confira as melhores dicas para cuidado de gatos, cachorros e outros bichinhos de estimação

Pets

GATOS: 7 dicas para criar seu gato dentro de casa

Criar os gatos sem acesso à rua aumenta sua expectativa de vida

Lívia Almeida
Cadastrado por
Lívia Almeida
Publicado em 17/05/2022 às 19:30 | Atualizado em 17/05/2022 às 21:08
Reprodução
Confira dicas para o dia a dia com o seu gatinho em casa - FOTO: Reprodução
Leitura:

Muitas pessoas ainda acreditam que criar um gatinho sem acesso à rua não faz bem para a saúde do animal. Mas isso é um mito: na verdade, os gatos se dão muito bem vivendo apenas no ambiente doméstico, e a maioria dos veterinários indica que eles sejam criados dessa forma.

Vivendo apenas em casa, os felinos não ficam expostos aos diversos perigos que existem nas ruas, como doenças, atropelamentos, envenenamentos, entre vários outros. Pode até mesmo acontecer de alguém bem intencionado levar seu bichano para casa, acreditando que ele ainda não tem um lar.

Se você ainda não sabe como oferecer o ambiente caseiro ideal para o seu gato, separamos seis dicas de como fazer isso da melhor forma. Confira abaixo:

01. Acostume eles com o ambiente caseiro desde pequenos

Quando acostumados desde filhotes, a maior parte dos gatos começa a não mostrar interesse no mundo externo nem que abram a porta da rua bem na frente deles (mas, só para garantir, evite fazer isso). 

Os gatos mais velhos também se adaptam rapidamente ao ambiente caseiro, pois reconhecem com mais facilidade os benefícios dele. Por dormirem durante a maior parte do dia, a maioria dos felinos ficam satisfeitos quando encontram aqueles lugares perfeitos para uma boa soneca.

Se livre do pensamento de que é cruel manter o gato "preso" em casa, principalmente quando ele tem tudo que precisa ao seu dispor.

02. Coloque tela de proteção nas janelas

Shutterstock
- Shutterstock

Muitos gatos adoram subir em lugares altos e ficarem na janela observando o movimento da rua. Para que esse momento de lazer deles seja aproveitando de forma segura, é ideal que todas as janelas da casa possuam tela de proteção, para não colocar a integridade física do seu animal em risco.

03. Considere a castração

Ideal para evitar a superpopulação de gatos nas ruas, a castração também pode ajudar na hora de deixar seu animal caseiro mais tranquilo. Isso porque as fêmeas costumam ficar ansiosas para sair quando estão no cio, e os machos costumam, além de ir atrás das fêmeas, brigar com outros machos. Após a castração, eles ficam mais calmos e dóceis.

04. Você não precisa de uma casa enorme 

Para criar um gato em casa ou em apartamento você não precisa morar num lugar enorme. É interessante apenas que você disponibilize algumas opções de lugares para o felino explorar e dormir. Quanto mais liberdade ele tiver para desbravar novos ambientes, mesmo que pequenos, mais animado e satisfeito ele ficará.

05. Invista em novidades

Reprodução
- Reprodução

Agradar um gato com novidades não é difícil nem caro: uma simples caixa de papelão pode deixá-los entretidos durante vários momentos do dia. Dando uma breve busca no Google, é fácil encontrar maneiras novas e com baixo custo para deixar seu gato sempre entretido.

06. Crie espaços verticais

Apto.21
- Apto.21

Se você tiver espaço em casa, uma boa saída para deixar seu gato mais feliz é instalando prateleiras ou brinquedos que os estimulem a escalar. Eles adoram estar no topo e dormir encima de armários e geladeiras, por exemplo. Então, se não for um problema para você, facilitar o acesso deles a esses espaços é uma boa ideia.

07. Tente passear com ele na guia

Reprodução
- Reprodução

Se você ainda quer que seu gato passe tempo ao ar livre, pode sim tentar acostumá-lo a passear com guia. É mais fácil que seu gato aceite a ideia se você ensiná-lo desde filhote: gatos mais velhos costumam deitar e simplesmente se recusar a andar quando estão com uma coleira.

Mas esta pode ser uma ótima saída para que eles tenham contato com a natureza de forma segura e controlada.

  

Nota ao leitor: quando você compra por meio de links em nosso site, podemos receber comissão de afiliados.

Comentários

Últimas notícias