04
jul

Patinetes elétricos ficam mais baratos no Recife

04 / jul
Publicado por Roberta Soares às 17:52

Por enquanto, Recife não tem sofrido com os problemas provocados pelo uso errado do equipamento, mas a prefeitura diz estudar novas regras. Foto: Renato Cerqueira/Estadão

 

Numa tentativa de ampliar as viagens e, assim, fidelizar o uso minimizando as polêmicas que os patinetes elétricos têm gerado onde chegam, a Yellow, empresa brasileira de micromobilidade, vai passar a cobrar menos pelo uso dos equipamentos no Recife. A partir desta sexta-feira (5/7), o usuário terá um desconto de 50%. Pagará R$ 1,50 para desbloquear o patinete + R$ 0,25 a cada minuto de uso. Os valores anteriores eram R$ 3 de desbloqueio e R$ 0,50 por minuto.

LEIA MAIS
Mais rigor para os patinetes elétricos, que seguem polêmicos no Brasil e no mundo
Prefeitura do Recife impõe regras para uso de bicicletas sem estação e patinetes elétricos
Aprenda a usar as bikes sem estação e os patinetes elétricos

Segundo a Yellow, a ação promocional segue por tempo indeterminado e é estratégica para otimizar as corridas na cidade, onde a operação começou em 13 de fevereiro em parte da região central e da Zona Sul do Recife, totalizando sete quilômetros quadrados. É importante destacar, entretanto, que a empresa nunca divulgou o número de viagens realizadas até agora. Diz que são informações confidenciais e informa apenas números gerais e mundiais.

Na última divulgação da Grow (associação da Yellow com a Grin), é informado que foram realizadas 10 milhões de viagens em cidades da América Latina. Atualmente, a Grow está presente em 23 cidades do México, Brasil, Colômbia, Chile, Peru, Argentina e Uruguai. Além dos patinetes elétricos, a empresa opera também bicicletas dockless (sem estação) e e-bikes.

 

No Recife, entretanto, apesar do importante papel da Yellow na disseminação da micromobilidade, o que se percebe é uma baixa oferta de equipamentos na área central e uma grande concentração na Zona Sul da cidade. Diariamente, essa lacuna pode ser acompanhada pelo aplicativo. Usuários ou potenciais usuários reclamam. Vale ressaltar que a Prefeitura do Recife impôs regras para a devolução dos equipamentos dockless, proibindo deixá-los sobre calçadas, atrapalhando a passagem de pedestres ou em locais indevidos nas ruas. As regras valem para os usuários, mas quem é punido com multas que variam de R$ 10 mil a R$ 90 mil é a Yellow. A empresa não comentou o assunto.

 

 


Veja também