20
dez

Giro pela América do Sul: Santa Fe campeão colombiano, sorteio da Libertadores e homenagem à Argentina

20 / dez
Publicado por Marcos Leandro às 17:26

Reprodução: Twitter Santa Fe
Reprodução: Twitter Santa Fe

 

O Independiente Santa Fe, que ganhou a simpatia do povo brasileiro por ter oferecido à Chapecoense a taça de campeão da Copa Sul-Americana, que eles tinham conquistado em 2015, sagrou-se campeão colombiano pela nona vez. O time de Bogotá bateu o Deportes Tolima por 1×0 no fim de semana, no jogo de volta. O primeiro duelo tinha acabado empatado por 0x0.

Como o Santa Fe já tinha vaga na Libertadores, o Junior Barranquilha acabou se classificando para a competição continental, cujo sorteio da 58ª edição será nesta quarta (21/12). Atlético Nacional, atual campeão da Libertadores, Independiente Medellín (time que eliminou o Santa Cruz na Sula deste ano) e o tradicional Millonarios são os outros times colombianos na competição.

 

VEJA TAMBÉM

Seleção argentina campeã mundial em 1986 será homenageada pela Conmebol

O maior golaço dos colombianos

Atlético Nacional conquista terceiro título da Libertadores para o futebol colombiano

O momento colombiano

América do Sul: nova geografia da bola

 

A Libertadores 2017 vai contar com 47 times. As seis equipes representando Bolívia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela começarão a Copa disputando uma primeira fase eliminatória em confrontos de ida e volta (23 e 27 de janeiro). As três equipes vencedoras da primeira fase passarão a disputar uma segunda fase eliminatória (31 de janeiro), se somando a 13 clubes posteriormente classificados de Brasil (2), Chile (2), Colômbia (2) e dos outros países membros da Conmebol (1 cada).  Desta segunda fase, oito equipes se classificam para disputar a fase de grupos da Libertadores. Confira todos os outros participantes.

 

BRASIL: Palmeiras, Chapecoense, Grêmio, Santos, Flamengo, Atlético-MG, Botafogo e Atlético-PR.

ARGENTINA: Lanús, San Lorenzo, Estudiantes, Godoy Cruz, River Plate e Atlético Tucumán.

URUGUAI: Peñarol, Nacional, Cerro e Wanderers.

COLÔMBIA: Atlético Nacional, Independiente Medellín, Independiente Santa Fe, Millonarios e Junior Barranquilla.

CHILE: Universidad Católica, Iquique, Colo Colo e Unión Española.

PARAGUAI: Libertad, Guaraní, Olimpia e Deportivo Capiatá.

EQUADOR: Barcelona, Emelec, El Nacional e Independiente del Valle.

VENEZUELA: Zamora, Zulia, Carabobo e Deportivo Táchira.

PERU: Sporting Cristal, Melgar, Universitário e Deportivo Municipal.

BOLÍVIA: Sport Boys, Jorge Wilstermann, The Strongest e Universitário de Sucre.

publicidade


Veja também