06
mar

Sem Neymar, PSG perde de novo do Real e está fora da Liga dos Campeões

06 / mar
Publicado por Marcos Leandro às 18:46

 

O sonho do PSG ganhar a Liga dos Campeões foi mais uma vez adiado. Mesmo jogando em casa, no Parque dos Príncipes, em Paris, o time francês voltou a ser derrotado pelo Real Madrid nesta terça (6/3), pelas oitavas de final. Desta vez, os merengues venceram por 2×1, gols de Cristiano Ronaldo e Casemiro. Cavani descontou para os parisienses. No jogo de ida, os espanhóis já tinham ganho por 3×1.

Claro que vai ficar a dúvida se o resultado poderia ter sido diferente se Neymar tivesse em campo. Lesionado, o brasileiro deu o lugar a Di Maria. Porém, essa resposta não tem mais tanta importância, diferente de outras perguntas, como o futuro do técnico Unai Emery à frente do Paris Saint-Germain e como, mesmo com tanto dinheiro, o time francês não consegue avançar de patamar na Champions.

Já o Real Madrid segue firme na luta pelo tricampeonato e pela 13ª conquista da Liga dos Campeões. A crise que rondava o Santiago Bernabéu já é passado.

 

O JOGO
Se o Paris Saint-Germain teve a enorme ausência de Neymar (Di Maria entrou no lugar do brasileiro), o Real Madrid entrou em campo com seu tradicional meio de campo desconfigurado. Titulares absolutos, Modric e Kross ficaram no banco de reservas. Kovacic e Lucas Vázquez foram os escolhidos pelo técnico Zidane para o início de partida, assim como Asensio.

Sem Neymar, o técnico Unai Emery deslocou Mbappé para o lado esquerdo do ataque e colocou Di Maria para explorar o lado direito do ataque francês. Cavani, como sempre, ficou centralizado e a espera de bolas que custaram a chegar.

 

 

 

Com a empolgação da sua torcida no Parque dos Príncipes, o PSG tentou ir para o abafa no começo do jogo. Mas foi o Real que chegou com mais perigo aos 11 minutos, quando Benzema recebeu de Cristiano Ronaldo mas, na hora de bater, foi travado por Berchiche. Aos 17, Sergio Ramos quase faz mais um na Liga dos Campeões. O zagueiro desviou o cruzamento, mas Aréola evitou o gol merengue.

O PSG tentava ser agudo com Di Maria, mas faltava capricho na hora de definir a jogada. Enquanto isso, aos 37, Benzema teve a melhor chance do primeiro tempo. O atacante do Real Madrid escapou pelo lado esquerdo, teve tempo para escolher como iria finalizar e tentou colocar a bola entre as pernas do goleiro Aréola, que desviou para fora.

Aos 40, a resposta do PSG. Verratti tocou para Di Maria, que chutou cruzado para boa defesa de Navas. Dois minutos depois, Mbappé invadiu a área e bateu para o gol. Navas apareceu bem de novo.

 

 

Foto: FRANCK FIFE / AFP

 

As duas equipes voltaram sem modificações para a etapa complementar. O que mudou foi o posicionamento de Mbappé, pelo lado direito, com Di Maria pelo lado esquerdo. Os franceses tentaram pressionar, mas foi o Real que assustou aos quatro minutos, em cabeçada para fora de Cristiano Ronaldo. Mas na segunda chance que teve, o CR7 não perdoou. Em linda trama de Asensio e Lucas Vázquez, o português cabeceou de cima para baixo, fazendo 1×0 para o Real. Foi o 12º gol de Cristiano Ronaldo na edição 2017/18 da Liga. Ao todo, já são 117 tentos, recordista absoluto.

Sem alternativa, o técnico do PSG abriu mais o time, sacando Thiago Motta para a entrada de Pastore. Mas logo depois, Verratti reclamou do árbitro e recebeu o cartão vermelho (já tinha o amarelo). Mesmo assim o PSG chegou ao empate. Após bate-rebate na área, a bola bateu em Cavani e entrou: 1×1 aos 25.

Mesmo com a vantagem no placar agregado, Zidane mexeu na equipe, colocando Kroos e Bale nas vagas de Kovacic e Benzema, respectivamente. O Real segurou o ímpeto dos franceses e ainda fez o segundo gol, com Casemiro aos 34. Jogo decidido, classificação sacramentada!

publicidade


Veja também