07
mar

Higuaín e Dybala marcam em três minutos e Juventus elimina Tottenham

07 / mar
Publicado por Marcos Leandro às 18:46

 

Finalista em duas das últimas três edições da Champions League, a Juventus segue viva na edição 2017/2018. Depois de descer para o intervalo perdendo por 1×0 para o Tottenham, a equipe italiana conseguiu uma virada espetacular no segundo tempo do duelo disputado nesta quarta (7/3) em Wembley pelas oitavas de final.

Em três minutos, aos 19 e 22 da etapa final, a Juve fez dois gols e virou o placar para 2×1. Os argentinos Higuaín e Dybala anotaram os tentos da Velha Senhora. Aos 44 do segundo tempo, Kane cabeceou na trave de Buffon e Barzagli afastou antes de Lamela. Se empatasse, o Tottenham levaria o jogo para a prorrogação, pois o primeiro duelo, realizado em Turim, houve empate por 2×2.

 

Foto: Adrian DENNIS / AFP

 

Observado pelo técnico Tite, que estava em Wembley, o brasileiro Douglas Costa teve grande atuação. No primeiro tempo, atuando como um ala pela direita, ele protagonizou um polêmico lance com o zagueiro Verthogen. O brasileiro caiu na área e pediu pênalti após sofrer toque do defensor belga. O árbitro mandou o jogo seguir. No segundo tempo, após a entrada de Lichtsteiner, Douglas Costa jogou mais na linha ofensiva.

No outro jogo desta quarta, o Manchester City se classificou mesmo perdendo por 2×1 para o Basel – o gol dos Citizens foi de Gabriel Jesus. Na Suíça, os comandados de Pep Guardiola venceram por 4×0.

O JOGO

O time inglês começou melhor a partida e abriu o marcador com um gol aos 39 minutos do primeiro tempo. Trippier cruzou da direita rasteiro na segunda trave e o sul-coreano Heung-Min Son errou o chute, mas acertou o gol: 1×0.

A Juventus, até então, estava indignada com a arbitragem. Isso porque pouco antes do gol adversário, o brasileiro Douglas Costa foi derrubado na área por Vertonghen, mas o árbitro mandou o jogo seguir.

 

 

 

 

Na etapa final, o Tottenham parecia controlar a partida, tocava a bola e administrava a vantagem. Mas a Juventus em dois lances na sequência virou. Aos 19, Lichtsteiner cruzou da direita, Khedira desviou de cabeça, e Higuaín colocou a perna direita no meio do caminho para tirar do goleiro e deixar tudo igual.

Com o estádio ainda atordoado pelo gol, o time italiano voltou ao ataque e virou quatro minutos mais tarde. Higuaín deixou Dybala na cara do gol. O camisa 10 invadiu a área e tirou do goleiro.

 

Foto: Ian KINGTON / IKIMAGES / AFP

 

O Tottenham pressionou, passou a cruzar as bolas na área e ainda conseguiu uma bola na trave em cabeceio de Harry Kane, que estava em posição de impedimento. Mas o gol de empate, que levaria a partida para a prorrogação não veio e a Juventus está garantida nas quartas de final da Liga dos Campeões.

A Juventus agora aguarda pelo sorteio dos confrontos da próxima fase, que será realizado no dia 16, em Nyon, na Suíça, na sede da Uefa. As partidas de ida acontecerão em 3 e 4 de abril e as de volta estão previstas para os dias 10 a 11. Ao Tottenham só resta lamentar. O time inglês havia terminado na liderança da fase de grupos em uma chave que contava com Real Madrid e Borussia Dortmund.

 

Foto: Adrian DENNIS / AFP
publicidade


Veja também