09
nov

A grande rivalidade do Newell’s, adversário do Náutico

09 / nov
Publicado por Marcos Leandro às 15:55

 

Adversário do Náutico na reabertura dos Aflitos, dia 16 de dezembro, o Newell’s Old Boys tem diante do Rosario Central uma das maiores rivalidades da Argentina. As duas equipes disputam o amor e o ódio dos amantes de futebol de Rosario, na província de Santa Fe, cidade a 300 km da capital Buenos Aires.

As duas torcidas ganharam alcunhas bem peculiares por conta de uma história dos anos de 1930. Por terem se recusado a participar de um jogo beneficente para os portadores de lepra, os amantes do Rosario ficaram conhecidos como canallas (canalhas). Os do Newell’s concordaram em jogar e, com orgulho, se autodenominaram leprosos. Essa é uma das história sobre o rival do Náutico reunidas no ótimo livro os Hermanos e Nós, de Ariel Palacios e Guga Chacra.

 

 

MESSI

Ainda no capítulo sobre Newell’s x Rosario, o livro traz um depoimento de Lionel Messi sobre o Newell’s, seu clube da infância. A entrevista foi publicada na conceituada revista El Gráfico.

Sou argentino, rosarino e leproso”.

Lionel Messi, em entrevista a revista El Gráfico em 2005

MARADONA E BATISTUTA

Outros dois craques argentinos vestiram a camisa do Newell’s. Diego Maradona e Gabriel Batistuta. El pibe de oro jogou pelo time em 1993, depois de já ter sido flagrado no doping por cocaína.

 

 

Já Batistuta foi revelado pelo clube em 1988 pelo técnico Marcelo Bielsa, outra lenda do Newell’s – o nome do estádio do clube se chama Marcelo Bielsa. Antes se chamava Coloso del Parque.

Em termos internacionais, o Newell’s Old Boys esteve perto de ganhar a Libertadores duas vezes. Em 1988, perdeu a final para o Nacional-URU. Batistuta e Sensini estavam na equipe vice-campeã.

Em 1992, a decisão foi contra o São Paulo, de Telê Santana. Cada time venceu em casa por 1×0 e nos pênaltis, o tricolor do Morumbi venceu por 3×2. Naquele time do Newell’s estava Pochettino, hoje técnico do Tottenham. Marcelo Bielsa era o técnico.

 

 

publicidade


Veja também