06
fev

Real perde, Barcelona acompanha e ambos deixam a Copa do Rei

06 / fev
Publicado por Marcos Leandro às 20:49

Por Estadão Conteúdo

 

 

Todos os favoritos estão fora das semifinais da Copa do Rei. Nesta quinta-feira (6), na conclusão das quartas de final, caíram Barcelona e Real  Madrid, batidos por dois times do País Basco, o Athletic Bilbao e a Real Sociedad, respectivamente. Os dois se juntam nas semifinais a Granada e Mirandês (da Segunda Divisão), que nunca conquistaram este título. O sorteio dos próximos duelos será nesta sexta-feira (7).

O Barcelona foi derrotado por 1×0 pelo Athletic Bilbao no Estádio San Mamés, na capital basca. O gol do atacante Iñaki Williams foi marcado aos 47 minutos do segundo tempo. O Athletic Bilbao é o segundo maior vencedor da Copa do Rei, com 24 taças (Barcelona soma 30), à frente do Real Madrid, que tem 19.

O primeiro tempo teve dois momentos distintos. Até os 25 minutos o domínio foi do time catalão, que ficou mais tempo com a posse de bola e viu Lionel Messi armar boas jogadas. O novato Ansu Fati teve duas oportunidades, mas falhou. Os últimos 20 minutos da primeira etapa foram mais da equipe basca, que passou a marcar a saída de bola do Barcelona. O goleiro alemão Ter Stegen saiu jogando errado e a bola sobrou para Dani Garcia, que bateu para fora. Raul García também teve chance, mas cabeceou fraco.

O segundo tempo foi ainda mais nervoso. As defesas prevaleceram. Messi, muito marcado, não tinha espaço para tentar nenhum drible. Aos 15 minutos, o goleiro Unai Simon falhou e deixou a bola na pequena área para Rakitic, que não aproveitou para abrir o placar.

Com a entrada do francês Griezmann, o Barcelona passou a concentrar suas jogadas pelo lado esquerdo. Mas foi o brasileiro Arthur, que entrou no lugar de Rakitic, aos 24 minutos, o responsável pelas melhores jogadas da partida pelo Barcelona. O ex-jogador do Grêmio lançou Sergi Roberto na ponta direita. O cruzamento encontrou Griezmann na corrida, mas o arremate do francês foi defendido por Unai Simon. Aos 42 minutos, mais uma vez, o volante deu grande passe para Messi, mas a finalização do craque parou na bela defesa de Simon.

O momento de maior explosão dos mais de 50 mil presentes ao estádio estava reservado para os 47 minutos, quando Iñaki Williams desviou  cruzamento da direita para garantir a vitória do Bilbao de forma sensacional.

 

 

NO BERNABÉU…

Já o Real Madrid perdeu uma série de 21 jogos de invencibilidade. No Santiago Bernabéu, o time do técnico Zinedine Zidane foi superado pela Real Sociedad por 4x 3, em um jogo com final eletrizante, e viu o clube basco avançar à semifinal do torneio.

A Real Sociedad abriu 3×0. Martin Oedegaard, aos 22 minutos, fez o primeiro. O norueguês aproveitou um rebote de Areola em chute de Alexander Isak para finalizar da entrada da área de pé esquerdo. O goleiro francês falhou no lance.

Alexander Isak, aos 8 e 10 minutos do segundo tempo, ampliou. No primeiro dele, o segundo da Real Sociedad, Ander Barrenetxea fez ótima jogada pela esquerda e cruzou para o companheiro pegar de primeira de pé esquerdo. No segundo, o sueco aproveitou sobra na área para acertar um chute no ângulo.

O Real Madrid diminuiu aos 13 minutos, com Marcelo. O lateral recebeu do lado esquerdo e finalizou rasteiro. O goleiro Alex Remiro aceitou. A Real Sociedad anotou o quarto, aos 22, com Mikel Merino. Alexander Isak fez jogada pela direita e cruzou na marca do pênalti para o companheiro, livre de marcação, finalizar de pé direito.

 

Javier Soriano/AFP

 

O jogo parecia decidido, mas não para o Real Madrid. A equipe de Zidane iniciou uma reação, marcou duas vezes e até teve chance para empatar. O segundo gol foi de Rodrygo, aos 35 minutos. Vinícius Junior fez jogada pelo lado esquerdo e cruzou para o companheiro, que finalizou para marcar. Aos 48 minutos, Nacho anotou de cabeça após cruzamento de Benzema.

Pouco depois do gol, Andoni Gorosabel foi expulso por uma falta em Vinícius Junior no meio de campo após o brasileiro tenta um chapéu ao sair para o contra-ataque. Nos minutos finais, o Real Madrid ainda pressionou bastante, criou outras chances, mas parou no goleiro Alex Remiro.

publicidade


Veja também